27/05/2015 16h28 – Atualizado em 27/05/2015 16h28

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet. Quem não tiver acesso à internet pode procurar os câmpus do IFMS, onde serão disponibilizados computadores.

Assessoria

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) recebe até esta quinta-feira, 28, as inscrições para 1.130 vagas em cursos técnicos subsequentes presenciais e de qualificação profissional. A oferta é feita em dez municípios.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet. Quem não tiver acesso à internet pode procurar os câmpus do IFMS, onde serão disponibilizados computadores.

São oferecidas 400 vagas em sete opções de cursos técnicos subsequentes. Para concorrer, os candidatos devem ter o ensino médio completo. As demais regras estão disponíveis no edital 016/2015.

Outras 730 vagas são em cursos de qualificação profissional, na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC). Neste caso, é preciso ter no mínimo 14 anos e possuir a escolaridade exigida para cada curso prevista no edital 015/2015.

As vagas são ofertadas em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

O aceso ao sistema de inscrições e os editais da seleção estão disponíveis na Central de Seleção do IFMS. O endereço é clique no link.

COTAS

Metade das vagas é reservada a candidatos que cursaram toda a escolaridade exigida na rede pública. Também há reserva aos que comprovarem renda familiar per capita inferior a um e meio salário mínimo e aos que se autodeclararem pretos, pardos e indígenas.

Para concorrer a essas vagas, é necessário se manifestar como Beneficiário de Ação Afirmativa (cotas) no ato da inscrição.

SELEÇÃO

Será feita por meio de sorteio eletrônico, marcado para o dia 1º de junho. A divulgação dos classificados está prevista para o dia seguinte.

A previsão é que as aulas comecem a partir de 27 de julho.

MODALIDADES

Em um curso técnico subsequente, o estudante cursa as disciplinas da formação técnica escolhida. O curso tem duração média de 18 a 24 meses. É preciso ter o ensino médio completo e, ao final do curso, possui o título de técnico.

Os cursos FIC têm carga horária mínima de 180 horas e duração de cerca de quatro meses. São destinados à elevação de escolaridade e qualificação profissional de trabalhadores.

VAGAS

(*) Assessoria IFMS

São oferecidas 400 vagas em sete opções de cursos técnicos subsequentes. (Foto: Assessoria)

Comentários