20/01/2012 16h33 – Atualizado em 20/01/2012 16h33

Nesse tipo de operação, o Tesouro emite os títulos e os repassa ao BNDES, que vende os papéis no mercado conforme a necessidade de reforçar o capital

Agência Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) teve o capital reforçado em R$ 9,990 bilhões de títulos do Tesouro Nacional. A portaria que autoriza a emissão desses títulos foi publicada hoje (20), no Diário Oficial da União.

Com a operação, o Tesouro concluiu o aporte de R$ 55 bilhões no banco, autorizado por medida provisória editada em março do ano passado e aprovada em junho pelo Congresso Nacional. A penúltima parcela da ajuda foi repassada em dezembro, quando o BNDES recebeu R$ 15 bilhões.

Nesse tipo de operação, o Tesouro emite os títulos e os repassa ao BNDES, que vende os papéis no mercado conforme a necessidade de reforçar o capital. O dinheiro será usado para ampliar os recursos da terceira etapa do Programa de Sustentação do Investimento (PSI 3), linha de financiamento para a compra de equipamentos, obras de infraestrutura e estímulo às exportações com juros subsidiados.

A injeção de recursos no BNDES por meio da emissão de dívida pública tem sido um mecanismo usado pelo governo para capitalizar a instituição, que recebeu cerca de R$ 235 bilhões nos últimos três anos. Além da ajuda de R$ 55 bilhões, foram destinados ao banco R$ 100 bilhões em 2009 e R$ 80 bilhões em 2010.

Comentários