05/07/2017 16h22

Os Eventos mútuos, realizados pela primeira vez no estado de MS, têm o objetivo de discutir soluções para o enfrentamento de acidentes químicos, energéticos e até nucleares

Flávio Veras

Está sendo realizado, entre hoje (5) e amanhã (6), o 1º Seminário de Prevenção e Respostas a Emergências e, também, o 1º Encontro de PAMs (Plano de auxílio Mútuo) do Estado de Mato Grosso do Sul. Os eventos, que ocorrem na unidade do Serviço Social da Industria (Sesi), são promovidos em uma parceria entre o 5º Grupamento de Bombeiros Militar de Três Lagoas e as empresas parceiras do PAM na cidade.

As entidades que participam da iniciativa são: Cargil, Bemis, ETG Brasil, Pepsico, Eldorado Brasil, Fibria, International Paper, Votorantim Siderurgia, Matalfrio/Solutions, Petrobras, Cortume Três Lagoas, MS Gás, White Martins, Avanti/Imasul, Prefeitura de Três Lagoas e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

De acordo com os Bombeiros, os debates têm o objetivo discutir soluções para o enfrentamento de acidentes químicos, energéticos e até nucleares. A iniciativa terá a participação de diversos analista em gerenciamento de riscos.

DESTAQUE

Segundo o comandante do 5º Grupamento de Três Lagoas, Tenente-Coronel Leandro Arruda, o seminário está acontecendo na cidade porque ela é uma referência no estado na realização do PAM. “Nós temos como parceiras praticamente todas as importantes indústrias da cidade. Além delas, ainda contamos com a hidroelétrica e a termoelétrica. Todos os meses nos reunimos nesses órgãos e fazemos reuniões para passarmos conhecimento e também recebê-los, pois em caso de um grave acidente, nosso efetivo seria incapaz de combate-lo sozinho. Portanto, caso ocorra, podemos usar material, estrutura e profissionais desses setores parceiros”, projetou.

O Coronel Arruda explicou ainda que, devido a quantidade de indústrias que existem na cidade, circulam muitos materiais pesados e, caso aconteça um acidente, o risco de contaminação pode ser grande. Porém, a população não sabe desse fato. “Fazemos este trabalho porque, mesmo que chances remotas de uma tragédia acontecer, nós devemos estar prontos. Talvez no dia a dia não damos conta que algo de inusitado ocorra, mas esse trabalho nos garante a prevenção e também de que forma combate-lo”, finalizou.

ENTENDA

PAM é uma instituição sem fins lucrativos, tendo como membros órgãos públicos e empresas privadas. Presta auxílio mútuo, por meio do fornecimento de suprimentos e realização de manutenções diversas e apoia o Corpo de Bombeiros Militar em caso de sinistros.

Iniciativa terá a participação de diversos analista em gerenciamento de riscos (Foto: Bombeiros/Divulgação)

Comentários