26/03/2012 15h49 – Atualizado em 26/03/2012 15h49

Depois de pedir ao Governo do Estado a migração de trabalhadores Metalfrio enfrenta paralisação

É a primeira paralisação de 2012 da fabrica da Metalfrio em Três Lagoas

Elisângela Ramos

Centenas de funcionários participaram, na manhã de hoje (26), da paralisação que aconteceu na empresa Metalfrio. O objetivo deles é cobrar melhores condições de trabalho. A empresa é considerada uma das maiores fabricantes de produtos para refrigeração comercial da América Latina.

PARALISAÇÃO E REIVINDICAÇÕES

A mobilização dos trabalhadores na frente da empresa, localizada no Distrito Industrial de Três Lagoas, foi grande. Eles reivindicam também aumento de salário, plano de saúde, alimentação de mais qualidade e a valorização dos trabalhadores, entre outras reivindicações.

EMPRESA METALFRIO

A reportagem do Perfil News procurou os responsáveis pela empresa, mas de acordo com funcionários, a pessoas autorizada a falar com a imprensa estava em reunião com o sindicato e não podia atender a equipe de reportagem. A Metalfrio emprega atualmente 1.200 pessoas em Três Lagoas.

TRABALHADORES

De acordo com os trabalhadores, que não quiseram se identificar, a paralisação é a forma que encontraram para pedir melhorias na qualidade de trabalho, “estamos pedindo melhores condições para trabalhar, precisamos de convênio médico, os trabalhadores da Metalfrio que vieram da outra fabrica no estado de São Paulo tem convênio e nós, da unidade de Três Lagoas, que colaboramos com o desenvolvimento da fabrica não temos, somos desvalorizados. Isso entristece e desmotiva qualquer trabalhador”

TRATAMENTO

Ainda de acordo com os funcionários, a empresa não dá o mesmo tratamento para os trabalhadores de Três Lagoas e tem funcionário que trabalha aqui nesta unidade, mas como veio de outra unidade tem convenio médico e outros benefícios. “Não adianta trazer trabalhador de fora tem que valorizar a mão de obra dos três-lagoenses é falta de respeito com a gente, só queremos o que é nosso por direito”, explica um trabalhador.

REUNIÃO

Ficou acertado que uma reunião entre o Sindicato de classe e empregadores será realizada hoje (26), às 16h, com objetivo de chegar em um acordo. A paralisação foi pacífica, a Polícia Militar e uma equipe da Rotai estiveram no local fazendo a segurança de todos, para evitar tumultos e problemas maiores.

Unidade da Metalfrio em Três Lagoas no Distrito Industrial: operários querem melhores condições de trabalho.

Comentários