16/08/2014 11h30 – Atualizado em 16/08/2014 11h30

Problemas advindos de disputa na entidade, com denúncias de malversação da verba do sindicato, levaram a Justiça a interditar a atual diretoria e agora uma nova eleição está sendo realizada para formação de novo comando

Léo Lima

Com uma massa operária de aproximadamente 30 mil integrantes, a categoria escolhe, neste sábado (16), a nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústria da Construção Civil e do Mobiliário de Três Lagoas (Sintracom).

De acordo com José Abelha Neto, dirigente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário de Mato Grosso do Sul (Fetricom/MS), até o momento o processo de votação está transcorrendo na normalidade, na sede da entidade localizada na avenida Aldair Rosa de Oliveira, na Circular da Lagoa. No local, vários trabalhadores estão concentrados, alguns em campanha, vestindo camisetas e distribuindo panfletos, enquanto outros manifestando suas escolhas na urna.

Três chapas concorrerem ao pleito: a Chapa 1 é encabeçada por Rozemiro de Freitas; Chapa 2 – Aledenizio Sales; Chapa 3- Paulo Roberto de Paula. “Com a eleição esperamos que os filiados voltem para o sindicato, para fortalecer a entidade”, comentou Abelha.

Segundo o dirigente, para exercer o direito ao voto, o trabalhador deve apresentar Carteira de Trabalho onde consta pelo menos seis meses de registro e também o mesmo tempo de cadastro na entidade, além de ter recolhido pelo menos um mês de contribuição ao sindicato.

Para dar segurança ao evento, equipes da Polícia Federal e Polícia Militar estão a postos em frente e próximas ao sindicato.

O processo de votação terminará exatamente às 17 horas de hoje, conforme informou José Abelha Neto.

Sob reforça de segurança da PF e PM, o processo eleitoral no sindicato dos trabalhadores da construção civil segue normalmente (Foto: Léo Lima)

Em frente ao sindicato, estandes foram montados para dar cobertura ao evento, assim como banheiros químicos (Foto: Léo Lima)

Comentários