09/10/2015 12h12 – Atualizado em 09/10/2015 12h12

Empreiteiras podem utilizar instalações do sindicato para selecionar trabalhadores sem custo algum. Presidente acredita que número de vagas deve crescer. Banco de talentos do Sintiespav conta com mais de 6 mil currículos

Lucas Gustavo

Já na próxima semana, outros 15 moradores de Três Lagoas estarão empregados graças ao apoio do Sintiespav-MS (Sindicado dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil Pesada do Bolsão Sul-mato-grossense). Candidatos às vagas disponíveis passaram por seletiva na manhã de hoje (9) na sede da entidade. Os escolhidos serão contratados pela empresa Contern e devem prestar serviços na Eldorado Brasil. A ’gigante’ em produção de celulose investe R$ 8 bilhões na instalação de uma segunda fábrica no município.

Em entrevista ao Perfil News, Nivaldo da Silva Moreira, presidente do sindicato, informou que as 15 vagas são ofertadas a operadores de betoneira e motoristas de maquinários pesados. Os profissionais atuarão na terraplanagem da obra. Após a pré-seleção, eles serão submetidos a testes práticos no canteiro da Contern.

‘’Todo o processo de escolha e contratação é responsabilidade das empresas. Temos um banco de talentos com mais de 6 mil currículos. As instalações do sindicato estão à disposição dos contratantes para seleção e recrutamento de candidatos. Fornecemos o espaço sem custo algum. Isso demonstra respeito, consideração e preocupação com os trabalhadores’’, garantiu Nivaldo.

À reportagem do Perfil News, o presidente também disse que o Sintiespav sempre recomendou às empresas que priorizem a admissão de moradores locais. ‘’Quando pessoas de fora são contratadas, a logística é muito mais cara. Valor este que poderia ser revertido em benefícios trabalhistas se a preferência fosse dada a três-lagoenses’’, sugeriu. ‘’Temos operários bons e preparados para exercerem atividades com responsabilidade e compromisso’’, acrescentou.

Ainda de acordo com Nivaldo, a previsão é que o número de contratados cresça conforme o desenvolvimento da obra e a chegada de maquinários. Ele destaca que é necessário que os candidatos tenham experiência nas funções abertas.

Nivaldo da Silva Moreira, presidente do Sintiespav. (Foto: Ricardo Ojeda).

Comentários