07/03/2018 09h35

“Usando do cargo, ele tirava fotos das alunas sob pretesto que precisava ‘avaliar’ o corpo delas’, disse a mãe de uma das vítimas

Redação

Tomaz Avelar de Aquino, 56 anos, que é treinador de vôlei, foi preso na tarde de terça-feira (6) suspeito de estuprar várias alunas em Jardim – Município a 233 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações policiais enviada a imprensa, a prisão foi feita pelo GOI (Grupo de Operações e Investigações) e ocorreu em Campo Grande onde o suspeito atuava como professor de educação física na rede municipal de ensino.

O encarregado das investigações, o delegado Alex Sandro Antônio, da 1ª Delegacia de Polícia em Jardim, contou que a mãe de uma das meninas levou a denúncia ao Ministério Público. A mãe da vítima apresentou várias fotos pornográficas da filha, que foram encaminhadas ao técnico. “Usando do cargo, ele [Tomaz] tirava fotos das alunas sob pretesto que precisava ‘avaliar’ o corpo delas para decidir se entrariam ou não no time”, detalha o delegado.

A investigação começou no sábado (3) e ainda foi apurado que o técnico também pode ter passado as fotos para outras pessoas. As idades e quantidade de vítimas não foram divulgadas, pois o caso está em segredo Justiça. “O trabalho está no começo, mas a prisão preventiva dele já foi pedida”, adiantou.

Tomaz ficou detido na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro, mas acabou transferido nesta tarde para Jardim onde o caso será investigado.

O suspeito responderá por quatro crimes sendo eles estupro, estupro de vulnerável, armazenar material pornográfico infantil e transmitir material pornográfico infantil.

(*) MS Notícias

(Foto: Reprodução)

Comentários