Devido à alta taxa de ocupação de leitos, Governo colocou mais da metade do estado na faixa mais restritiva do Programa Prosseguir, a cinza

O Prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, apresentará nesta quinta-feira (10), ao Governo do Estado, uma justificativa técnica para que o município não seja enquadrado na bandeira cinza e sim na vermelha, levando em consideração as restrições que a cidade sofreria com a bandeira Cinza.

A Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, por meio do Comitê Gestor do Prosseguir, determinou medidas excepcionais quando a taxa de ocupação global dos leitos de UTI Covid-19 SUS ultrapassar 90% em todas as macrorregiões do Estado.

Porém, no Decreto, há um parágrafo único em que os municípios que não adotarem as recomendações deverão apresentar as justificativas técnicas para o descumprimento perante a Secretaria de Estado de Saúde, que procederá a sua avaliação.

Dessa forma, Três Lagoas prepara um documento para entregar ao Governo do Estado, de forma a tentar permanecer na bandeira vermelha, menos restritiva. A justificativa deve ser avaliada pela Secretaria de Estado de Governo e Secretaria de Saúde do estado.

Comentários