16/02/2012 14h39 – Atualizado em 16/02/2012 14h39

MS está entre os 18 estados com maior risco de surto de dengue do Brasil

A metade dos casos confirmados de dengue em MS está no município de Três Lagoas

Elisângela Ramos

Além do alto índice de alastramento da doença em Três Lagoas, foram 746 casos notificados, desse número 176 foram confirmados e 62 negativos. A cidade concentra cerca da metade dos casos de dengue do estado de Mato Grosso do Sul, a infestação do Aedes Aegypti atinge vários bairros da cidade. Uma descoberta foi feita recentemente no município focos do mosquito dentro de cavidades de árvore, o que aumenta os riscos de contaminação entre os três-lagoenses.

BAIRROS

De acordo com informações os bairros que apresentam maior risco de surto da doença são: Guanabara; Nossa Senhora Aparecida; Jardim Maristela; São João; Osmar Dutra; Parque são Carlos; NOB; Vila Piloto e partes do dos bairros Santa Luzia e Santa Rita, além de outros bairros que ainda não foi divulgado pelo setor de endemias do município.

AÇÕES DE CONTROLE DO MOSQUITO

Segundo o setor de endemias, ações como o trabalho de visitas as residências para realizar a vistoria pela procura de possíveis focos do mosquito e veículo com a aplicação de fumasse nos bairros que tem mais notificações relacionadas à dengue estão sendo feitas.

MATO GROSSO DO SUL

Segundo o Ministério da Saúde, Mato Grosso do Sul está entre os 18 estados com maior risco de surto da doença os outros estados são: Bahia, Maranhão, São Paulo, Paraíba, Goiás, Pernambuco, Amazonas, Pará, Ceará, Alagoas, Sergipe, Roraima, Tocantins, Rio de Janeiro E Mato Grosso.

COMPARATIVO 2011 E 2012

De acordo o ministério, o número de casos considerados graves da doença reduziram em 86% em relação ao mesmo período do ano passado. Entre primeiro de janeiro e 11 de fevereiro de 2011, foram registrados 1.345 casos graves, contra 183 neste ano. Os números de mortes causadas pela dengue também apresentaram redução nos primeiros dias de 2012. Foram 95 mortes em 2011 contra 32 em 2012 em todo o Brasil.

Ao lado do Estádio Benedito Soares Mota (Madrugadão)uma grande poça de lama se formou no local ambiente perfeito para ser um criadouro do mosquito
Foto: Aquivo Perfil News

Tralhadores no combate ao mosquito Aedes Aegypti transmissor da doença
Foto: Divulgação

Comentários