Outras 33 pessoas cumpriram a quarentena e são consideradas recuperadas; número de internações saltou de quatro para 15 em uma semana

Três Lagoas registrou oito novos casos de Covid nesta segunda-feira, 30. Com isso, o número total de contaminados, desde o início da pandemia, é de 3395.

Destes, 2971 pessoas já se recuperaram da doença e 46 foram a óbito. O número de casos ativos, ou seja, pessoas ainda com o vírus ativo no organismo, é de 378.

O número de internações em decorrência da doença disparou na última semana. Os internados, que eram quatro na segunda-feira passada, hoje são 15: quatro confirmados estão em UTI pública, dois em enfermaria pública, um em UTI particular e dois em enfermaria particular. Entre os suspeitos, dois estão em UTI pública, um em enfermaria pública, dois em enfermaria particular e um UTI privada.

Novamente no pico

O Estado de Mato Grosso do Sul registrou, 48ª semana epidemiológica, encerrada no sábado, a segunda pior semana em número de casos desde o início da pandemia, alcançando números similares aos de agosto, quando MS viveu o pico de infecções.

A região de Campo Grande já ultrapassou os 90% de ocupação nos leitos e o número de internações mais do que dobrou desde 11 de novembro. Dos 206 internados nos primeiros 10 dias de novembro o número saltou para 450 hoje.

O Estado se aproxima dos 100 mil infectados: já são 99.061 as pessoas que se contaminaram com o coronavírus; destes, 86.796 já se recuperaram e 1769 morreram.

“Temos assistido um expressivo aumento no número de contaminados e óbitos no atual momento em que todo mundo achava que estávamos caminhando para o final da pandemia. É muito importante não aglomerar de maneira desnecessária, vamos pensar no coletivo, proteger o sistema de saúde, algumas unidades já registram 100% de ocupação”, alertou o secretário de Gestão Estratégica, Eduardo Corrêa Riedel, em apelo à importância das medidas de biossegurança.

Comentários