06/03/2018 11h17

Criminosos foram capturados na Operação Argos, deflagrada pela Polícia Federal com apoio da PM

Redação

A Polícia Federal de Três Lagoas, com apoio da Militar, já cumpriu dois dos quatro mandados de prisão expedidos pela justiça local. As capturas ocorreram na manhã de hoje (6), durante a Operação Argos. Os acusados integram uma organização criminosa especializada em furtos. Alguns dos crimes ocorrem no próprio pátio da PF. Pelo menos 20 agentes participam das buscas.

Em entrevista coletiva à imprensa, o delegado Alan Wagner Nascimento Givigi, explicou que, em relação a propriedade da Polícia Federal, a quadrilha agia, na grande parte das vezes, em finais de semana, quando há menos movimento no local. O grupo furtava rodas e peças de veículos apreendidos. Em um dos casos, os vigilantes, que são contratados pela prefeitura, chegaram a ser rendidos.

Ainda conforme o delegado, alguns produtos levados pela quadrilha chegaram a ser comercializados em rede social, por meio de grupos de compra e venda do Facebook.

‘’Sempre vamos estar atentos para esse tipo de ação criminosa. A Polícia Federal não pode tolerar que bens sejam furtados em nossa tutela e não levarmos os autores à Justiça’’, pontuou Alan.

Segundo o delegado, para que a operação não seja prejudicada, os nomes dos acusados não serão divulgados.

(*) Com informações de Ricardo Ojeda

Jornalista Ricardo Ojeda, diretor do Perfil News, em entrevista com o delegado Alan Wagner Nascimento Givigi, da Polícia Federal. (Fotos:Perfil News).

Comentários