30/10/2013 15h33 – Atualizado em 30/10/2013 15h33

TRF de SP e MS abre concurso para 260 vagas de técnico e analista

Cargos são de nível médio/técnico e superior. Os salários são de R$ R$ 4.635,03 e R$ 7.566,42, respectivamente

Da Redação

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (São Paulo e Mato Grosso do Sul) divulgou edital de concurso público para 260 vagas em cargos de nível médio/técnico e superior. Do total das vagas, 17 são reservadas para pessoas com deficiência. Os salários são de R$ R$ 4.635,03 e R$ 7.566,42, respectivamente.

No site da Fundação Carlos Chagas, é possível ver o edital http://www.concursosfcc.com.br/concursos/trf3r112/index.html.

Os cargos de nível superior são para analista judiciário nas especialidades de oficial de justiça, avaliador federal, arquivologia, biblioteconomia, contadoria, engenharia civil, engenharia mecânica, informática (banco de dados e infraestrutura), medicina (cardiologia, ortopedia, e psiquiatria), psicologia do trabalho e serviço social.

As vagas de nível médio/técnico são para técnico judiciário na área administrativa e nas especialidades de segurança e transporte, telecomunicações e eletricidade, contabilidade, enfermagem, informática e segurança do trabalho.

As inscrições podem ser feitas no período de 4 a 29 de novembro pelo site http://www.concursosfcc.com.br/. A taxa é de R$ 65 para nível médio/técnico e R$ 75 para nível superior.

Os candidatos também podem fazer as inscrições nos locais indicados no edital.

As provas objetivas serão aplicadas na data provável de 19 de janeiro de 2014, nas cidades de Araçatuba (SP), Bauru (SP), Campinas (SP), Marília (SP), Presidente Prudente (SP), Ribeirão Preto (SP), Santos (SP), São José do Rio Preto (SP), São José dos Campos (SP), São Paulo, Sorocaba (SP), Campo Grande e Dourados (MS).

Ainda haverá prova de estudo de caso para os cargos de nível superior e para técnico judiciário na especialidade de informática, redação para técnico judiciário – área administrativa, e prática de capacidade física para técnico judiciário na especialidade de segurança e transporte.

A validade do concurso será de 2 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

(*)Com informações de G1 MS

Comentários