20/05/2015 08h41 – Atualizado em 20/05/2015 08h41

Presidente regional do DEM, Luis Henrique Mandetta comprou briga feia e à toa com ‘xiitas e xaatos’ do PT ao insinuar que os eleitores petistas são “maconheiros”. O comentário infeliz do democrata irritou o colega Zeca do PT, que agora quer sua cabeça numa bandeja. O líder petista foi às redes sociais protestar. “O partido com certeza precisa acionar o deputado ‪‎Mandetta juridicamente para exigir no mínimo uma retratação”, incitou Zeca, por meio de sua página no facebook.

GISA

Zeca acusa Mandetta de irresponsável por usar um debate sobre legalização da maconha na tentativa de denegrir a imagem do PT. O petista disse que o Democrata tentou desviar o foco da atenção que recai sobre ele diante do escândalo do Gisa. “Essa declaração é própria dele que é um reacionário, conservador, que está envolvido até o pescoço em tudo que há de podre em Campo Grande. Ele e a família dele são os principais responsáveis pelo escândalo de corrupção na área da saúde da nossa Capital”, reagiu o petista.

CALMARIA

Se o desgaste sofrido por alguns partidos continuar no mesmo ritmo, a sucessão na Capital vai cair no colo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Com o poder nas mãos e com bons nomes no ninho tucano, ele leva grande vantagem sobre os demais adversários. Enquanto isso, PT e PMDB tentam desesperadamente sair do lugar comum em que se encontram para não ser varridos do mapa. Escaldado, o povo espera ansioso quem terá coragem de colocar o pescoço na reta.

DE NOVO

Mesmo com acachapante derrota nas urnas em 2012, o republicano Giroto ensaia voltar a disputar a prefeitura da Capital. Com forte DNA peemedebista, poderá se transformar no pomo da discórdia dentro do partido do seu padrinho político, André Puccinelli. Segundo homem mais forte na hierarquia do Ministério dos Transportes, ele pode trabalhar forte em cima desse projeto e ter o nome referendado para ser candidato a prefeito. Tudo vai depender de sua habilidade.

DESCRÉDITO

A relação entre os vereadores da Capital e a população já desandou há muito tempo. Seja na Casa de Leis ou nas sessões itinerantes, o desgaste entre ambos é visível. Ontem, por exemplo, houve vaias a ação dos parlamentares, que se mostram divididos quanto à instalação de Comissão Processante contra o prefeito Gilmar Olarte (PP). Desacreditados por conta de tantas trapalhadas nas diversas CPIs abertas na Casa, os vereadores amargam o desdém do povo.

Comentários