19/01/2019 08h15

Em Três Lagoas 12 cursos não preencheram o número de alunos e 247 vagas ainda precisarão ser preenchidas; processo seletivo abre a possibilidade para quem deseja transferência de instituição, estrangeiros com visto de refugiado e portadores de diploma.

Redação

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul divulgou a lista de cursos que não preencheram suas vagas mesmo após o período de seleção regular. São as chamadas vagas ociosas.

Em Três Lagoas 12 cursos estão com vagas ociosas, inclusive alguns tradicionais, como Direito, Engenharia de Produção e Administração de Empresas. Em todo o Estado, 1.507 vagas ainda precisam ser preenchidas em 27 cursos.

O processo seletivo para quem deseja entrar ou fazer a transferência de instituição abrange portadores de diploma e estrangeiros com visto de refugiado, humanitário ou reunião familiar. As inscrições para os interessados nessas vagas terminaram em 7 de janeiro, pelo site da UFMS.

O candidato será classificado de acordo com os documentos entregues. Leva a melhor quem atestar maior carga horária cursada em disciplinas concluídas com aprovação no curso de origem e maior média geral obtida nas disciplinas concluídas com aprovação no curso de origem.

São priorizadas transferências para curso homônimo ao de origem. Em segundo lugar surgem as transferências para curso homônimo ao de origem, porém, de modalidades diferentes (bacharelado ou licenciatura). Os terceiros no critério de destinação das vagas são os transferidos para curso de nome distinto ao de origem, porém da mesma área de conhecimento. Depois vem os estrangeiros e no fim da fila ficam os portadores de diploma.

Em todo o Estado, de acordo com a instituição, a área com mais vagas ociosas abertas para o 1º semestre deste ano é a de Ciências Exatas e da Terra. No total são 513 vagas, com destaque para os cursos de Ciência da Computação – Bacharelado (95 vagas), em Ponta Porã, Sistemas de Informação – Bacharelado (75), em Coxim, Sistemas de Informação – Bacharelado (58), em Ponta Porã, Sistemas de Informação – Bacharelado (55), em Corumbá, e Matemática – Licenciatura (50), em Ponta Porã.

Os cursos de Administração distribuídos por Corumbá, Três Lagoas e Nova Andradina somam 48 vagas. Já os cursos de Direito em Corumbá e Três Lagoas ainda têm 17 vagas ociosas. Os cursos integram a área de conhecimento Ciências Sociais Aplicadas, que ao todo oferece 113 vagas.

Na área de Engenharia, ficaram 48 vagas. São 5 para Engenharia Ambiental, 12 para Engenharia de Produção e 22 para Engenharia Elétrica. Todos são para Campo Grande. Também há mais nove vagas para Engenharia de Produção em Três Lagoas.

Segundo a UFMS, também há vagas ainda a serem preenchidas para candidatos dos cursos de Geografia, História e Pedagogia nos campus de Aquidauana, Corumbá, Três Lagoas, Nova Andradina e Ponta Porã. No total são 375 vagas.

TRÊS LAGOAS

Os cursos com vagas ociosas em Três Lagoas são:

  • Matemática – Licenciatura Noturno – 46 vagas
  • Sistemas de Informação – Bacharelado Noturno – 18 vagas
  • Ciências Biológicas – Licenciatura Integral – 32 vagas
  • Engenharia de Produção – Bacharelado Integral – 9 vagas
  • Geografia – Licenciatura Noturno – 24 vagas
  • História – Licenciatura Noturno – 27 vagas
  • Administração – Bacharelado Noturno – 15 vagas
  • Ciências Contáveis – Bacharelado Noturno – 6 vagas
  • Direito – Bacharelado Noturno – 10 vagas
  • Letras Português/Espanhol – Licenciatura Noturno – 32 vagas
  • Letras Português/Inglês – Licenciatura Noturno – 2 vagas
  • Letras Português/Literatura – Licenciatura Noturno – 27 vagas

    No próximo dia 23 deve ser divulgado o resultado das inscrições e o prazo para recursos administrativos. A matrícula, conforme a instituição, será efetuada de 4 a 6 de fevereiro e o início das aulas está previsto para 18 de fevereiro.

SISU

Já os interessados nas 3.646 vagas da UFMS oferecidas através do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) terão entre 22 e 25 de janeiro para se inscreverem através do site sisu.mec.gov.br. A previsão de divulgação da 1ª chamada é 28 de janeiro e o período de matrículas de 30 de janeiro a 5 de fevereiro.

A seleção será feita com base nos resultados obtidos pelos candidatos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

*Com informações do Campo Grande News

UFMS oferece mais de 1,5 mil vagas ociosas neste início de semestre (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Comentários