05/03/2013 09h03 – Atualizado em 05/03/2013 09h03

Da Redação

Os recicladores de Paranaíba tiveram uma grande oportunidade de aprender na última quinta-feira, durante o I Encontro de Recicladores. O evento, promovido pela UFMS, teve a presença de Carlos Alencastro Cavalcante, que faz parte do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis.

Carlos falou sobre diversas experiências e também do cenário atual no Brasil; segundo ele sua atuação tem sido maior em Campo Grande-MS, onde recentemente foi desativado o lixão, com isso muitos catadores ficaram sem renda, além da desorganização de algumas cooperativas. Ele disse que até então não tinha conhecimento da Coorepa (Cooperativa Recicla Paranaíba).

“É de fundamental importância a gente trazer o movimento para fortalecer a atividade dos catadores pelo Brasil a fora e não será diferente em Mato Grosso do Sul”, disse.

Para ele, o processo de reciclagem dos resíduos sólidos deve ser contínuo, pois no Brasil existe uma dificuldade do ponto de vista das administrações públicas, que não consideram importante este problema durante a gestão de cada prefeito.

(*) Com informações de Jornal Tribuna Livre

O evento, promovido pela UFMS, teve a presença de Carlos Alencastro Cavalcante, que faz parte do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (Foto: Arquivo)

Comentários