22/04/2015 12h29 – Atualizado em 22/04/2015 12h29

Três pessoas morreram no local enquanto, uma criança que foi socorrida em estado grave levada para a Santa Casa de Campo Grande, mas devido à gravidade dos ferimentos, a vítima não resistiu. Um dos veículos era de Água Clara

Ricardo Ojeda, com informações

Um veículo Saveiro, Placa KDX-6883, de Água Clara, que seguia na noite de segunda-feira, 20, para a capital do estado, envolveu-se em acidente no trecho próximo ao autódromo municipal de Campo Grande. De acordo com informações da PRF, o Saveiro seguia com duas pessoas para Campo Grande, quando nas proximidades do autódromo, um Fiat Uno, (placa HQF-6456, de Campo Grande) ao fazer uma ultrapassagem proibida bateu de frente com o utilitário, deixando um saldo de três mortes e duas pessoas, de Água Clara presas nas ferragens.

CRIANÇA

Uma criança, que estava no Uno ficou em estado grave e foi levada para atendimento em Campo Grande, porém, devido à gravidade, não resistiu, ampliando para quatro mortes em decorrência deste acidente.

As duas pessoas que estavam na Saveiro, Gilmar Nunes de Morais, (conhecido como Sapão), que conduzia o veículo e sua esposa, Iara Luciana Alves ficaram presas nas ferragens e após serem retirados foram levados para a Santa Casa de Campo Grande, mas não correm risco de vida.

Já as vítimas fatais que seguiam no Fiat Uno foram identificadas: Dionísio Alves Pereira, de 55 anos, condutor do veículo, sua esposa, Tereza Corrêa Pereira, 51, seu pai, João Alves Pereira, 89. A criança de quatro anos, filha do casal foi socorrida com vida e levada para a Santa Casa, mas não resistiu e faleceu posteriormente

A colisão foi tão violente que os dois veículos ficaram completamente destruídos (Foto: Divulgação/G1)

Comentários