04/04/2015 08h33 – Atualizado em 04/04/2015 08h33

O que fugiu foi identificado e será autuado em R$ 2 mil; o detido, R$ 1.040

Léo Lima

Dois pescadores foram flagrados por uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Aparecida do Taboado, praticando pesca predatória na região de Selvíria. O fato ocorreu na manhã de ontem (03), quando os agentes da PMA realizavam fiscalização no rio Paraná.

Os infratores, de 20 e 33 anos, residentes em Selvíria, pescavam nas proximidades da barragem da usina de Ilha Solteira, naquele município. É crime a pesca a menos de mil metros das usinas hidrelétricas. Os pescadores iniciavam a pescaria e tinham capturado apenas dois exemplares de peixe da espécie pacu. O pescado e um molinete com vara foram apreendidos.

No momento da abordagem, um dos pescadores empreendeu fuga. A PMA conduziu o infrator que não fugiu à delegacia de Polícia Civil de Selvíria. Ele foi autuado em flagrante e poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O infrator também foi multado em R$ 1.040,00. O pescador que fugiu foi identificado e multado em R$ 2.000,00. Ele também responderá pelo crime ambiental.

A PMA continua com a operação Semana Santa em princípio para evitar a pesca predatória e outros crimes ambientais. A fiscalização intensificada permite ainda a prisão dos que insistem em desrespeitar a legislação, antes que capturem grande quantidade de pescado, ou que cometam outras degradações ambientais.

(*) Assessoria de Comunicação da PMA/MS

Os dois pacus, aprendidos com a dupla de pescadores flagrados pela PMA (Foto: Divulgação/PMA)

Além dos pacus, os apetrechos de pesca também foram apreendidos (Foto: Divulgação/PMA)

Comentários