20/10/2006 11h05 – Atualizado em 20/10/2006 11h05

Campo Grande News

O Unicoc (Unidade Integrada de Combate às Organizações Criminosas) já cumpriu 17 dos 18 mandados judiciais expedidos pela Justiça contra acusados de burlar o fisco de Mato Grosso do Sul. Segundo o promotor Clóvis Samaniotto, que coordenou a operação “Loteria”, falta apenas um mandado a ser cumprido em Campo Grande. Em Nova Andradina, foi preso o funcionário de frigorífico Albertino Paleteiro. A operação resultou na prisão dos agentes tributários Givaldo de Souza Bonfim, Aguinaldo Pires Barbosa, Adyr Azevedo Maciel, José Adalberto Prette, José Martins Faustino, Edvaldo Barcelos de Souza, Edson Hirochi Kanda, Ronaldo Faria de Mendonça, Ademilson Colomaco, Wlademir Monteiro Tartari e Edson Hirochi Kanda. Os acusados atuavam no posto fiscal XV de Novembro, em Bataguassu, onde liberariam mercadorias sem o recolhimento do ICMS devido ao governo de Mato Grosso do Sul. E, além deles Ademar José da Silva e Alexandre Thomaz, Rute José da Silva Bonfim; Evilásio José da Mota e Cláudio Alexandre Prette. Os mandados foram cumpridos em Bataguassu, Deodápolis, Jardim e Nova Andradina, em Mato Grosso do Sul, e nas cidades de Presidente Epitácio, Presidente Prudente e Presidente Venceslau (SP) e Londrina (PR).

Comentários