11/08/2017 09h43

Vá entender

O eleitor só pode sofrer de amnésia, isso porque mesmo diante de tantas evidências da prática de corrupção e recebimento de propina por parte de alguns agentes públicos, continua dando crédito. Tanto é que há alguns deles liderando até pesquisas de intenções de voto por aí afora, segundo atestam institutos que – digamos assim – também precisam ser investigados.

Largada

Embora com percentual baixo, o deputado estadual Coronel David (PSC) já aparece no mais recente levantamento feito pelo Ipems (Instituto de Pesquisa de Mato Grosso do Sul) na disputa para o governo do Estado. Embolada, a pesquisa aponta André Puccinelli (PMDB), Reinaldo Azambuja (PSDB) e o juiz Odilon de Oliveira com reais possiblidades de vencer o pleito. Para analistas, o surgimento do nome de David deve-se sua ligação com o “fenômeno” Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

Glória

O deputado federal Zeca do PT deve ter amanhecido o dia feliz da vida com a grandiosa vitória de seu Botafogo por 2 a 0 contra o Nacional-URU, em partida no estádio Nilton Santos, no Rio, válida pela Libertadores da América. Botafoguense fervoroso, o líder petista não perde uma partida do Glorioso de General Severiano, agora nas quartas de final da competição internacional.

Receita

A possibilidade de se fechar a unidade da Receita Federal em Paranaíba causou indignação dos parlamentares. Fato que levou o deputado Eduardo Rocha (PMDB) a usar a tribuna da Assembleia para solicitar apoio da bancada federal na tentativa de evitar o fechamento da agência. Como justificativa, citou a importância do município para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

Comentários