24/07/2019 15h45

A modernização e ampliação da planta ARAUCO envolve um investimento de U$ 2.350 milhões, o que faz dele o maior investimento na história da ARAUCO e um dos maiores investimentos em celulose do mundo

Redação

O contrato firmado representa um dos maiores investimentos em celulose do mundo e o maior da história da empresa de produtos florestais

A Valmet e a ARAUCO firmaram contrato para o fornecimento de uma nova linha de secagem de celulose e enfardamento, caldeira de recuperação e caldeira de biomassa para o projeto MAPA (Modernização e Ampliação da Planta Arauco).

A ação faz parte do grande investimento da ARAUCO para expandir a capacidade de produção atual e construir uma nova linha de produção de celulose na planta ARAUCO na região de Biobío, no Chile.

A modernização e ampliação da planta ARAUCO envolve um investimento de U$ 2.350 milhões, o que faz dele o maior investimento na história da ARAUCO e um dos maiores investimentos em celulose do mundo. O projeto inclui a construção de uma nova linha de produção, a linha 3, com capacidade anual de 1.560.000 toneladas. A nova linha está estimada para começar a operar em 2021.

“Além da celulose de alta qualidade, o projeto de expansão nos permite continuar gerando energia limpa e renovável a partir da biomassa florestal, devido à construção de uma nova caldeira de biomassa.

Comentários