18/09/2017 11h19

Departamento de futebol entrega nesta segunda-feira ao presidente do clube dois dossiês: um sobre o jogo contra o Corinthians e outro de lances em que o time se sentiu prejudicado no Brasileiro

Da redação

O gol de mão de Jô gerou reação no Vasco. O departamento de futebol do clube prepara dois relatórios para entregar ainda nesta segunda-feira ao presidente Eurico Miranda. Caberá ao mandatário decidir se leva adiante a queixa à CBF.

Um dossiê é sobre o jogo contra o Corinthians. Além do gol irregular de Jô, outra reclamação da diretoria é em relação à postura do delegado do jogo, Walter Lima Coelho Junior, e de agentes da Federação Paulista de Futebol.

  • Um lance absurdo definiu a partida. E, no intuito de esperar os atletas na zona mista e evitar que falassem alguma coisa que pudesse prejudicá-los. Sendo assim, esperei na zona mista, quando infelizmente fui extremamente maltratado pela segurança do Corinthians e pela Federação Paulista de Futebol, que coloca seguranças e stewards para trabalhar no jogo em favor do futebol, não em favor do Corinthians. Os homens das federações regionais que trabalham nos jogos não trabalham para o clube local – relatou Eurico Brandão, vice de futebol do Vasco, após o jogo.

Na súmula da partida, o árbitro Elmo Alves Resende Cunha relatou que o delegado teve sua presença solicitada no túnel de jogo porque Euriquinho e o supervisor do Vasco, Antônio Garcia, queriam entrar no gramado – Antônio conseguiu, mas teria ficado por cerca de “dois minutos”.

A diretoria cruz-maltina contesta a versão e diz que Euriquinho foi até o limite permitido, sem tentar invadir o gramado. Antônio só teria passado depois que Gabriel, que estava suspenso pelo Corinthians, também passou.

Eurico já questionou pênaltis marcados contra

O outro dossiê cita lances em que o Vasco se sentiu prejudicado ao longo do Campeonato Brasileiro. No clube, causa estranheza o fato de o time ter sido o único que ainda não teve um pênalti marcado a favor no torneio.

No início de junho, Eurico Miranda convocou uma coletiva para questionar pênaltis marcados contra o Vasco no Brasileiro. Na ocasião, ele enviou à CBF lances que não haviam sido assinalados a favor do time, no seu entender.

O elenco do Vasco volta nesta segunda-feira. O time se reapresenta na terça e inicia preparação para o duelo com o Sport, na próxima segunda, no Recife.

(*) Informações com Globoesporte.com

Além do gol irregular de Jô, outra reclamação da diretoria é em relação à postura do delegado do jogo (Reprodução / TV Globo)

Comentários