01/03/2012 17h36 – Atualizado em 01/03/2012 17h36

Pescadores estão satisfeitos com a quantidade de peixes no rio Paraná, após a piracema

Para a Polícia Ambiental, o período da piracema foi tranquilo em Três Lagoas

Rafael Furlan

Desde quando iniciou o período da piracema, os pescadores que tiram o seu sustento do rio Paraná, estão recebendo um salário mínimo do governo para sanar algumas despesas como alimentação, moradia, remédios, entre outras coisas necessárias para a sobrevivência do mesmo. Este período acabou e eles já estão animados. Antes a renda que eles conseguiam caiu cerca de 90% com a Piracema.

Fim da Piracema

Nossa equipe de reportagem foi até esses pescadores e de acordo com Antoniel dos Santos, “reduziu muito o nosso valor no período que ficou fechado, pois não tínhamos trabalho, não vinha turista e ficou complicado para nós”, ressalta.

Hoje, Antoniel e outros pescadores já estão aliviados. “Acabou a piracema e já estamos realizando o nosso trabalho. O rio está cheio de turistas e pescadores e nesse período vamos faturar um pouco mais”, finaliza Antoniel.

Fartura

Diversos peixes estão sendo pescados no rio Paraná, mas o que está prevalecendo é o Piau. Para o comerciante, Givaldo Guimarães, o rio está muito propício para a pesca. “Está muito bom. Eu vim com o meu filho e estou gostando muito. Os turistas podem vir pescar aqui no rio Paraná que não vão se arrepender”.

Licença para pesca

Todos os pescadores, tanto os profissionais, quanto os amadores, precisam ficar atentos e retirarem no site do IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais, a sua licença para a pesca. Caso a Polícia Militar Ambiental autuar o pescador, uma multa administrativa é dada no valor de R$ 300 à R$ 10 mil reais, além de todo o material de pesca ser apreendido.

Balanço Piracema

Para o comandante da Polícia Militar Ambiental, Gildo de Souza, “não tivemos apreensões de grande porte nesse período da Piracema. As pessoas estão se conscientizando mais. Hoje os pescadores já podem estar pescando na bacia do Paraná.Para ver o vídeo dessa reportagem, clique aqui.

Pescadores estão animados com a quantidade de peixes
Foto: Maycon Almeida

Antoniel explica que no período da piracema, eles deixam de ganhar 90% da renda mensal
Foto: Maycon Almeida

Muitos pescadores de Três Lagoas e região estão pescando no rio Paraná
Foto: Maycon Almeida

Comandante da Polícia Militar diz que população está se concientizando mais quando o assunto é pesca na piracema
Foto: Maycon Almeida

Comentários