23/04/2014 17h17 – Atualizado em 23/04/2014 17h17

Resultado foi afetado por menos dias úteis no mês, disse a Abramat; saldo trimestral é positivo

Da Redação

As vendas de materiais de construção caíram 3,9% em março em relação ao mesmo período de 2013 e a Abramat (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção), que representa o setor, já estuda revisar suas estimativas de crescimento neste ano.

Entre janeiro e março, porém, o faturamento do setor subiu 0,9% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

A expectativa atual da associação para este ano, por sua vez,é positiva: alta de 4,5%. Em nota, o presidente da Abramat, Walter Cover, falou sobre a expectativa para o ano.

DIAS ÚTEIS

— Com o resultado do trimestre, está em curso uma análise interna sobre a manutenção da atual previsão para o ano.

O resultado mensal foi afetado pelo menor número de dias úteis, disse a associação. Em comparação com fevereiro, as vendas em março cresceram 3,2%.

Considerando os materiais básicos, o segmento recuou 6,5% no mês passado na comparação com 2013. Entre janeiro e março as vendas diminuíram 0,9%. Já as vendas dos materiais de acabamento apresentaram queda de 0,4% em março, mas subiram 3,5% no trimestre.

NÍVEL DE EMPREGO

O nível de emprego na indústria de materiais de construção, subiu 4,5% em março, na comparação anual. Em relação a fevereiro o nível ficou praticamente estável, com leve alta de 0,3%.

Na indústria de materiais básicos o aumento foi 6,4% ano a ano, com estabilidade frente a fevereiro. Nos materiais de acabamento o nível de emprego subiu 1,6% na comparação anual e 0,9% na mensal.

(*)Com informação de R7

Apesar da queda mensal, vendas de materiais avançaram em 2014 (Foto: R7)

Comentários