17/04/2013 14h16 – Atualizado em 17/04/2013 14h16

Vera Helena busca prevenção e orientação contra a dengue

A assessora Simone Albuquerque foi até o local em busca de informações, para instruir a população e criar meios de prevenção contra o mosquito

Da Redação

A vereadora Vera Helena, solicitou a sua equipe que fizesse uma visita ao Centro de Endemias, para verificar a situação da dengue em Três Lagoas. Representando a vereadora, a assessora Simone Albuquerque foi até o local em busca de informações, para instruir a população e criar meios de prevenção contra o mosquito.

De acordo com o Coordenador do Centro de Endemias, José Carlos Santos Coelho, o vírus que agora possui quatro estágios tem diversos meios de se proliferar, como em poças de água suja e cavidades de árvores. “ Qualquer objeto que possa acumular água por menor que seja, oferece riscos à população”, alertou.

No último mutirão realizado em novembro e dezembro do ano passado, foram limpos 5.556 terrenos. Para José Carlos, todos tem que fazer a sua parte. “Para nós o maior problema é a falta de colaboração dos moradores. Se cada um fizer a sua parte, não teríamos tantos casos de dengue” disse.

Segundo José Carlos, o LIRA (Levantamento de Índice Rápido), registra que os maiores pontos de risco se encontram nas residências, e caso haja alguma denúncia, a população deve entrar em contato direto com o setor, pelo fone ( 67) 3929-1036.

Para a assessora da vereadora Vera Helena, Simone Albuquerque, “nossa equipe se coloca a disposição para ajudar. Temos que buscar sempre a prevenção”, conclui.

SINTOMAS DA DENGUE

Com duração de sete dias

-Febre,

-Manchas avermelhadas no corpo,

-Vômito,

-Dor de cabeça,

-Dor atrás dos olhos,

-Dores musculares,

-Dores nas juntas.

(*) Com informações de Assecom Câmara Municipal de Três Lagoas

O vírus que agora possui quatro estágios tem diversos meios de se proliferar, como em poças de água suja e cavidades de árvores (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários