21/09/2017 16h48

A reportagem foi até às ruas para perguntar a opinião dos moradores em relação ao assunto e a maioria aprovou a medida.

Viviane Pinheiro

O vereador André Bittencourt (PSDB) usou a tribuna na última sessão da Câmara de Três Lagoas, realizada nesta terça-feira (19), para informar que solicitou ao Executivo, por meio da indicação 1153/17, o estudo de viabilização e implantação do sinal de internet gratuita nos principais pontos turísticos da cidade, como a Feira Livre, o Balneário Municipal Miguel Jorge Tabox, praça Ramez Tebet, Lagoa Maior e Jupiá.

De acordo com o vereador, o objetivo é democratizar o acesso à internet, facilitando a utilização dos serviços online, para o cidadão três-lagoense. “Conversei com o prefeito Guerreiro sobre a necessidade e importância do Wi-Fi gratuito em pontos estratégicos. Sei que há outras prioridades para o município, mas o prefeito disse que irá analisar esta solicitação”, explicou Bittencourt.

Já outros estão preocupados com a qualidade da internet. “É uma ideia muito boa, porém ter que ver como será a qualidade do serviço. Não adianta ter internet gratuita, se ela não funcionar corretamente”, afirmou o empresário Airton Domingues.

Porém, há que discorde dessa possível implantação, que é o caso da operadora de caixa, Ana Cristina Corrêa. Para ela, o celular acaba atrapalhando o cotidiano. “Eu acho que não seria uma boa ideia, já que hoje em dia as pessoas não olham para a gente, imagina com Wi-Fi liberado? Vai ser mais difícil de se comunicar pessoalmente”, ressaltou.

Praça Ramez Tebet pode ser um dos pontos turísticos contemplados com o Wi-Fi. (Arquivo/Perfil News)

Comentários