06/11/2015 10h38 – Atualizado em 06/11/2015 10h38

Dentro do calendário de comemoração do centenário de Três Lagoas, na noite desta quinta-feira (5), os vereadores outorgaram títulos de Cidadão Três-lagoense e Cidadão Benemérito

Assessoria

Os vereadores outorgaram títulos de Cidadão Três-lagoense e Cidadão Benemérito, para personalidades que se destacam na área do Poder Judiciário, beneficiando o município no exercício de suas atribuições.
A homenagem ocorreu na véspera da sessão solene que elevará a Comarca de Três Lagoas a categoria de Entrância Especial.

Durante a sessão da Câmara de Três Lagoas, o desembargador João Maria Lós, presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS), recebeu o Título de Cidadão Três-Lagoense, pelos trabalhos de elevação da comarca à entrância especial.

Também foram homenageados o Juiz de Direito da Comarca de Três Lagoas, Márcio Rogério Alves (propositura do vereador Gilmar Garcia Tosta); o deputado estadual Osvaldo Mochi Junior, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (por propositura dos vereadores Adão José Alves, Antônio Luiz Teixeira Empke Jr, Jurandir da Cunha Viana Jr e Vera Helena Arsioli Pinho); os defensores públicos Olavo Colli Júnior e Eduardo Cavichioli Mondoni (indicações da vereadora Sirlene da Saúde) e os defensores públicos Flávio Antônio de Oliveira, Álvaro Kinach, Darvino Antônio Maciel Júnior e Alceu Conterato Júnior (proposituras da vereadora Marisa Andrade Rocha).

A entrega das honrarias foi acompanhada pela prefeita Márcia Moura e também pelos deputados estaduais Eduardo Rocha e Ângelo Guerreiro, que compuseram a Mesa de Autoridades ao lado do presidente da OAB, seccional Três Lagoas, Luiz Henrique Gusmão, do presidente da Câmara, Jorge Aparecido Queiroz e do Luciano Montalli, defensor geral do MS.

VEREADORES

Primeira vereadora a usar a tribuna, a vereadora Sirlene dos Santos Pereira, uma das propositoras da Sessão solene, falou do prazer em prestar a homenagem.
A vereadora enalteceu o trabalho do desembargador e defensores públicos, em prol da sociedade, com relevantes serviços prestados ao Município.

“Deus abençoe todos vocês, seus familiares, pelo lindo trabalho que vocês fazem. Estou muito feliz com essa homenagem, muito obrigada a todos vocês”, ressaltou Sirlene.
A vereadora Marisa Rocha, também propositora da homenagem ,falou da sua relação com os defensores, muitos trabalhando com amor a profissão.
Ela enfatizou que os títulos outorgados, durante a Sessão Solene, são a mais alta honraria concedida aos não nascidos no município.

A vereadora ainda pediu ao presidente do TJ/MS, que adeque o prédio da Defensoria Pública, que merece instalações tão boas, quanto ao do Ministério Público e Fórum.
“É uma honra, mas só recebe quem merece e vocês merecem”, frisou Marisa Rocha.
O vereador Gilmar Garcia Tosta aproveitou a oportunidade, não somente para enaltecer o trabalho dos Defensores, do Juiz de Direito da Comarca de Três Lagoas, Márcio Rogério Alves, mas também para pedir que haja o aumento do duodécimo da Defensoria Pública, de Três Lagoas.

Ele ainda ressaltou o amor de magistrados como o juiz Márcio que optou por ficar em Três Lagoas, tendo inclusive, se empenhado para a elevação da Comarca em Entrância Especial.
Gilmar pediu que muitos outros juízes também fiquem e tenham o mesmo amor. Finalizando, ele destacou que a justiça é a maior aspiração do ser humano e ela tem sido feita e é efetiva no MS e em Três Lagoas.

Para o vereador Tonhão, o momento foi um misto de emoções, uma vez que além de vereador também é bacharel em Direito, tendo convivido com muitos dos presentes e homenageados, durante a Sessão Solene.

O vereador pemedebista ainda enfatizou a importância dos políticos em ações como a elevação da Comarca de Três Lagoas para Entrância Especial. Neste sentido, ele citou o empenho do presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi, do deputado Eduardo Rocha, da prefeita e dos vereadores de Três Lagoas. “Demos nossa contribuição para que esse sonho do passado (a elevação de Entrância Especial) saísse do papel e quantas outras coisas estão saindo do papel em Três Lagoas. Recebam o nosso reconhecimento e numa data emblemática, que é o ano do Centenário de Três Lagoas. Vocês honram o cargo que ocupam”, finalizou Tonhão.

REPRESENTANTES DA ASSEMBLEIA

Os deputados presentes à sessão aproveitaram a oportunidade para destacar as ações da Assembleia que tem Junior Mochi a frente da presidência.
Ângelo Guerreiro e Eduardo Rocha falaram da importância do título concedido pelos vereadores, exigindo ainda mais comprometimento dos homenageados, novos “filhos da terra”, ressaltando ainda que todos são merecedores do título – devido ao relevante serviço prestado – e o empenho de políticos e magistrados na elevação da Entrância.
A devolução de recursos para o governo do estado, pela primeira vez na historia da Assembleia, foi citada pelo deputado Eduardo Rocha.

HOMENAGEADOS

O defensor geral do MS, Luciano Montalli, destacou que não merece, mas recebe com muita alegria a homenagem. Ele destacou que representa uma instituição que defende os desvalidos, os vulnerabilizados e esquecidos e agradeceu em nome dos defensores públicos que atuam e atuaram na Comarca de Três Lagoas.
O discurso do desembargador João Maria Lós foi focado nas ações do TJ/MS, para garantir celeridade aos processos no MS, como por exemplo, utilizar futuramente, funcionários dos cartórios, dentro dos gabinetes dos juízes.

Ele destacou que divide o título com os desembargadores, que aprovaram a elevação da Comarca a Entrância Especial, e também, falou da informatização do Tribunal de Justiça do estado, que é referência no país, bem como, ressaltou a parceria com a Assembleia Legislativa na aprovação de projetos que estruturam e melhoram o serviço do Tribunal.

O presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi, frisou que a Defensoria Pública de MS é referência no país e afirmou que a homenagem da Câmara de Três Lagoas, para ele, será um daqueles momentos marcantes e para a vida toda. Por isso, ele recebe o título de Cidadão Três-lagoense com alegria, orgulho e gratidão, afirmando ainda que será o terceiro deputado por Três Lagoas, na Assembleia, pois entende que ao se tornar filho da cidade tem um compromisso com a mesma.

Finalizando, as autoridades do Município, a prefeita Márcia Moura e o presidente da Câmara, Jorge Aparecido Queiroz, destacaram a importância da Entrância Especial para a população (que mobilizou políticos e magristrados), pois garantirá mais eficácia e eficiência nos processos, enfatizando que os homenageados merecem a homenagem por se empenharem nas suas funções.

“Temos o papel de fiscalizar, legislar e também de fazer justiça, reconhecendo aqueles que ajudam a cidade. É a população quem está dando este título para vocês. Agora, como filhos de Três Lagoas, peço que vocês nos ajudem a ajudar a população e com a elevação da Comarca para Entrância, nossos juízes terão mais condições de trabalhar e continuar desenvolvendo um bom trabalho”, frisou Jorginho.

(*) Assessoria Prefeitura Três lagoas

A homenagem ocorreu na véspera da sessão solene que elevará a Comarca de Três Lagoas a categoria de Entrância Especial. (Foto:Assessoria)

Comentários