14/11/2018 14h52

O carro de propriedade de Bataguassu, batido, foi encontrado escondido em uma propriedade particular; denúncias dão conta de que ele estava sendo utilizado pela prefeitura de Santa Rita do Pardo

Gisele Berto

Seis vereadores de Bataguassu aprovaram, na última terça-feira, 12, um requerimento para que o prefeito da cidade, Pedro Caravina, e o presidente da Câmara dos Vereadores de Santa Rita do Pardo, Josué Nogueira Martinez, prestem esclarecimentos a respeito de um veículo de propriedade de Bataguassu que teria sido emprestado, de forma indevida, pela prefeitura de Santa Rita do Pardo.

O veículo (um Chevrolet Spin) estava escondido em uma propriedade em Bataguassu, com marcas de ter se envolvido em um acidente, que teria acontecido no mês passado. Após as denúncias virem à tona, o carro sumiu.

Assim que tiveram conhecimento do fato, os vereadores de Bataguassu levantaram a possibilidade de pedir explicações ao executivo.

O requerimento de informações passou na Câmara no desempate: cinco vereadores se mostraram contra a investigação: Alessandro Pereira da Silva, Cleyton Rodrigo da Silva, Dennis Stanislaw Mendonça Thomazini e Renato Ferreira da Silva acreditaram não haver razões para que o prefeito se explicasse.

A votação ficou empatada até que o Presidente da Casa, Márcio Carlos da Fonseca, desse o voto decisivo. Junto com ele, votaram a favor do requerimento os vereadores André Luiz de Souza Bezerra, Celson Magalhães de Oliveira, César de Souza Martins, Reginaldo Alves da Costa e Vanderley da Silva Bittencourt.

Para o vereador André Bezerra, aprovar o pedido de esclarecimentos é função primeira da Câmara dos Vereadores. “Nossa função é legislar e fiscalizar o executivo. Se os outros colegas acham que não temos o dever de cobrar explicações do prefeito eles estão nos impedindo de fazer nosso trabalho”, disse.

MUITO A EXPLICAR

Os vereadores teriam recebido uma denúncia de que a Spin de Bataguassu estaria a serviço da prefeitura de Santa Rita do Pardo quando se envolveu em um acidente. De posse de fotos do carro bem avariado, os vereadores querem que Caravina explique à Câmara a atual localização do veículo e se o carro sofreu algum sinistro. Também pedem o boletim de ocorrência do acidente, com data e hora, e se o sinistro teria envolvido algum outro veículo.

Além disso, a Câmara de Bataguassu pergunta se o veículo estaria a serviço do município de Bataguassu e quem vai arcar com os custos do conserto.

Caso fique comprovado que o carro não estava a serviço de algum cidadão de Bataguassu, o prefeito Pedro Caravina deverá explicar quem autorizou o empréstimo do veículo à cidade vizinha e, em último caso, responder por improbidade administrativa e prevaricação.

MINISTÉRIO PÚBLICO

De acordo com o vereador André, o representante do MP havia promovido uma reunião, tempos atrás, na Câmara de Bataguassu, com os vereadores. Na pauta o promotor afirmou que a função dos legisladores é de fiscalizar a administração. Caso acontecesse, em alguma ocasião, de a administração não colaborar fornecendo informações, o Ministério Público poderia ser acionado.

Nesse caso específico o vereador disse ao Perfil News que só vai acionar o órgão caso não obtiver as informações que pediu.


Veículo de Bataguassu que teria sido emprestado a Santa Rita do Pardo, foi encontrado batido em uma propriedade de Bataguassu. Foto: Arquivo Perfil News

Requerimento da Câmara dos Vereadores pedindo informações ao prefeito de Bataguassu. Foto: Reprodução

Resultado da votação para pedir esclarecimentos ao Executivo Municipal. Reprodução


Comentários