02/09/2008 09h03 – Atualizado em 02/09/2008 09h03

A vice-presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer do município, Oracilda Alves de Paula, assumiu a entidade após a morte de Marilene Meza, 55 anos ocorrida última quarta-feira (27). Oracilda já ocupou o cargo de presidente na entidade e atualmente está na direção da Fundação Dirce Viana.

A RFCC foi criada em Três Lagoas em junho de 1982 sob a coordenação de Carmen Prudente. Desde então a entidade fornece aos portadores de câncer apoio como o encaminhamento para tratamentos.

 

A Rede também desenvolve projetos que elevam a auto-estima, esperança, a motivação e valorização da vida dos pacientes.

Comentários