23/07/2019 15h44

A equipe de Vigilância Sanitária realizou uma série de palestras educativas junto às pessoas que, normalmente, são encarregadas da manipulação de alimentos

Redação

A equipe da Vigilância Sanitária de Três Lagoas, setor da Diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vem intensificando as ações de fiscalização em escolas públicas e particulares, igrejas, clubes e entidades em geral, principalmente, nesta época do ano, em que se promovem as conhecidas festas de tradição popular, denominadas “Festas Juninas” e “Festas Julinas”.

Como explicou o coordenador da Vigilância Sanitária, médico veterinário Christovam Tabox Bazan, o objetivo da fiscalização “é garantir a qualidade dos alimentos que são comercializados ou gratuitamente oferecidos à população nestes eventos, preservando a saúde pública”.

Por esse motivo, recentemente, a equipe de Vigilância Sanitária realizou uma série de palestras educativas junto às pessoas que, normalmente, são encarregadas da manipulação de alimentos em “Escolas, CEIS (Centros de Educação Infantil), Igrejas, Clubes e entidades em geral”, informou Christovam.

Os mais recentes encontros destas pessoas, manipuladores de alimentos, com palestras educativas e posterior fiscalização, ocorreram na Igreja Assembleia de Deus, Ministério Ipiranga, na Avenida Eloy Chaves, e na Escola Municipal Senador “Filintho Müller”, onde houve a tradicional “Festa Julina”, na sexta-feira (19).

As orientações e a intensificação da fiscalização, que se estende também aos ambulantes, ocorrem “normalmente em todos os eventos, onde é necessária a adequada manipulação e a qualidade dos alimentos que são oferecidos aos participantes”, comentou Christovam.

Foto/Assessoria

Comentários