28/03/2018 15h11

Empresário teve quase R$ 5 mil de prejuízo, mas objetos foram recuperados. Ele diz que situação da mãe provocou a vontade de dar apoio

Redação

Vítima de furto, o dono de uma marcernaria de Corumbá, no Pantanal de Mato Grosso do Sul, resolveu ajudar a família do ladrão, após conhecer a história da famíia dele e se comover com a tristeza da mãe, que já não sabe mais o que fazer com o jovem de 24 anos que é usuário de drogas.

“A mãe dele mostrou a cozinha dela. Foi a hora que, assim, me comovi muito. Tipo assim, fui pobre. Sou pobre. Mas a gente viu uma família pasando necessidade por uma coisa, assim, que poderia ser evitada, né? Ela me disse que tinha emagrecido vinte, trinta quilos”, contou Althier Fabrício Silva.

Foi a própria mãe que chamou os militares para prender o rapaz, após saber que o filho havia cometido o crime, onde levou computador, furadeira, lixadeira, celular, entre outros objetos, que totalizaram quase R$ 5 mil, mas que já foram recuperados pela PM. Ela ainda pediu por mensagem de voz para que o marceneiro registrasse ocorrência na delegacia.

“Apareceu com computador e levou de volta. Agora essas outras coisas pequenas ele sabe tudinho onde está. Vai na delegacia dar parte. Senhor, pode ir na delegacia que ele vai voltar aí na sua marcenaria de novo. Só isso que eu estou avisando. Então, vai na delegacia e faz boletim de ocorrência contra ele, das coisas tudinho que ele roubou, que a polícia vem atrás dele”, desabafou.

Após descobrir que o assaltante tem esposa e filhos, além de conhecer de perto o sofrimento da mãe, o marceneiro buscou alternativas para ajudar a família. “Sou muito devoto a Deus. E eu acho que Deus fez tudo isso pra gente poder estar ajudando essa família. Não quero mérito. Não quero nada, entendeu? A gente vai ajudar. Vai doar algumas coisas. Minha esposa se sensibilizou bastante. Ela vai doar algumas coisas para os filhos dele. A gente vai doar um sacolão também”, anunciou Althier.

Pelo furto na marcenaria o rapaz chegou a ser solto. Mas a polícia voltou a prende-lo cometendo o mesmo crime, só que, dessa vez, em um outro lugar.

*G1

Vítima de furto, marceneiro vai ajudar família de assaltante em Corumbá, MS (Foto: Reprodução TV Morena)

Comentários