27/06/2017 16h46

Atividades físicas mal indicadas, conduzidas ou aplicadas podem desencadear problemas de saúde que afetam o sistema músculo esquelético. Veja o que diz especialista com 40 anos de profissão

Guta Rufino

A busca pelo corpo perfeito é objetivo de muita gente. Para isso, pessoas de todas as idades buscam academias para musculação, aulas de zumba, ou até mesmo optam pela tradicional caminhada sem consultar uma orientação de um especialista. “Uma atividade mal indicada, mal conduzida e mal aplicada pode trazer complicações”, alerta o ortopedista Oswaldo Baleroni, de Andradina (SP).

A antes temida dor na coluna, que afetava apenas homens e mulheres de meia idade, hoje atinge jovens com menos de 20 anos. Hérnia de disco, “bico de papagaio”, todas essas doenças que atingem o sistema músculo esquelético podem se manifestar em pessoas que abusam de seus limites físicos. “Má postura para dirigir, trabalhar sentado, praticar exercício físico ou pegar peso em excesso, tudo pode desencadear e agravar problemas que de risco mínimo podem passar a gravíssimos ou até mesmo irreversível”, ressalta o ortopedista.

A busca por um especialista é imprescindível, alertou o médico. “São problemas de saúde que causam muita dor física, dos mais variados graus. Tem que buscar tratamento adequado. Se tratar de qualquer jeito a dor pode avançar e até se tornar crônica”.

SOBRE O ORTOPEDISTA

Oswaldo Baleroni é reconhecido como um dos melhores ortopedistas no interior de São Paulo, atraindo também pacientes de Três Lagoas (MS). Há 40 anos ele atua em ortopedia com especialidade em traumatologia. Nesses anos de experiências ele acumula um vasto curriculum de congressos médicos pelo Brasil e exterior, garantindo qualidade e referência a seus serviços. “Hoje as técnicas aplicadas na Europa são aplicadas aqui também. Acompanhamos o processo de avanço da medicina e temos ele aqui acessível a nossos pacientes”, pontuou.

O médico ressalta que além da qualidade do serviço prestado no atendimento aos pacientes, há um detalhe que para ele é o mais importante. “Temos que estudar para sempre, isso é claro. Porque não sabemos de tudo, mas se tem uma coisa que temos obrigação é tratar bem as pessoas. A maneira como lidamos com nossos pacientes define o tipo de médico que somos”.

A clínica de ortopedia e traumatologia fica na rua, Mato Grosso, número 1.100, centro em Andradina (SP). O telefone para contato é o (18) 3722-4334.

(*)Entrevista: RIcardo Ojeda


O médico, Oswaldo Baleroni é reconhecido como um dos melhores ortopedistas. Ele está atuando há 40 anos em ortopedia com especialidade em traumatologia (Foto: Edna Ojeda)

Nesses 40 anos de experiências, Baleroni acumulou um vasto curriculum, através dos congressos médicos pelo Brasil e exterior que participou (Foto: Ricardo Ojeda)

Comentários