14/10/2017 16h05

VOVORISTA

O jornalista Laureano Secundo (Diário Digital) anunciou que o ex-governador André Puccinelli irá acatar o apelo dos netos e desistir das eleições do próximo ano. Particularmente, duvido!

REGRA 3

Supondo que Puccinelli desista, três nomes gozam da confiança dos peemedebistas: Simone Tebet, Waldemir Moka e Oswaldo Mochi Júnior. O anúncio do partido será no dia 11 de novembro.

COTADÍSSIMO

Com o retorno de José Carlos Barbosa para o cargo de deputado estadual, especula-se nos bastidores que o delegado Roberto Gurgel preenche todos os requisitos para assumir a Segurança Pública.

NOVO PEDETISTA

Antônio Carlos Biffi, que durante anos era militante aguerrido do PT, é um dos nomes que o Partido Democrático Trabalhos pretende apresentar aos eleitores para a Assembleia Legislativa.

SOB PRESSÃO

O juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, dizem que cedeu ao clamor das pesquisas e já está falando como “pré-candidato a governador pelo PDT”.

CONSELHEIRO

E por falar em Odilon, o que se ouve nos bastidores da política é que ele estaria recebendo orientação do ex-deputado federal e ex-conselheiro do TCE-MS, João Leite Schmidt.

RETORNANDO

Quem está vivamente interessado em voltar à vida política é o ex-presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul, Cícero Antonio de Souza. Ele assinou ficha de filiação no PTB.

BOM SAMARATINO

Tem político investido no mandato outorgado pelo povo propondo ação social com a finalidade de beneficiar os encarcerados, enquanto os familiares das vítimas são relegados ao esquecimento.

CADÊ O DINHEIRO?

A CPI da JBS, presidida pelo deputado Paulo Corrêa, do PR, estima que o Estado tenha sofrido um prejuízo fixado em mais de R$ 1 bilhão pelo não cumprimento de metas dos irmãos Batista.

DEIXOU SAUDADE

Pela recepção calorosa que teve ao visitar a Assembleia Legislativa, o prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro, do PSDB, era muito popular quando estava investido no mandato de deputado.

ANIMADOS

É como estão os petistas confiantes no seu líder, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que até o presente momento não conseguiu se desvencilhar da Lava-Jato.

CANDIDATURA?

O que se questiona é se ele (Lula) está ou não inelegível? Sem Lula na disputa qual seria seu eventual substituto na disputa presidencial em 2018?

ALBERT EINSTEIN

“Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta.”

Comentários