04/02/2019 14h59

O homem, que já tem histórico de tentar o suicídio em vários lugares do Brasil, ficou cinco horas em cima de uma torre da Vivo em Nova Andradina e só desceu depois da chegada da Assistência Social

Gisele Berto

Um homem subiu em uma torre de telefonia nesta segunda-feira, 4, em Nova Andradina, e ameaçava se jogar. Ele exigia a presença da assistência social.

O homem, entretanto, já é conhecido e tem até apelido: José Carlos Conceição, ou Zé da Torre. Ele já subiu em torres em vários lugares do Brasil, inclusive Goiás, Ceará, Alagoas e até em MS quando, em 2012, ameaçou se jogar de uma torre em Aparecida do Taboado.

Hoje, ele ficou em torno de cinco horas em cima de uma torre da Vivo, em Nova Andradina.

Segundo o site Nova News, Policiais Militares, Corpo de Bombeiros e uma assistente social do município estiveram no local para fazer as negociações, para que o homem mudasse de ideia.

Em cima da torre, localizada na Rua Gracindo Albino Loureiro, no bairro Argemiro Ortega, o homem estava com duas garrafas de vidro no bolso e ao todo momento falava que iria se suicidar.

Após descer da torre onde ficou por aproximadamente cinco horas, José Carlos desceu e foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e com o apoio da Polícia Militar ele foi levado para receber atendimento psicológico.

Natural do estado da Bahia, José Carlos Conceição é morador na rua e toma remédio controlado. Ao jornal Nova News, ele negou que tenha problemas mentais.

Foto - Marcos Donzeli / Nova News

Comentários