32.8 C
Três Lagoas
terça-feira, 5 de março de 2024

Entregador abandona filhos em casa para fazer entregas de drogas em Ribas do Rio Pardo

Um entregador de 30 anos foi detido enquanto realizava entrega de substâncias ilícitas durante a noite do último sábado (10), no Bairro São Joaquim, em Ribas do Rio Pardo.

Para efetuar as transações, o homem negligenciou a presença de seus filhos, uma bebê de 9 meses e um menino de 9 anos, deixando-os em casa. Além dele, Sandra Godoy Alves, de 55 anos, foi também detida em flagrante por ser responsável pela distribuição das drogas.

Por questões de proteção às crianças, cujos nomes serão preservados conforme o disposto no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), não serão divulgadas informações sobre o entregador.

As crianças foram encontradas trancadas em um quarto próximo ao local onde Sandra mantinha sua “reserva” de drogas. Naquela noite, elas estavam sob sua guarda, visto que normalmente vivem com os avós. Após a prisão do pai, as crianças foram acolhidas pelo Conselho Tutelar, e posteriormente os avós foram notificados.

De acordo com o relatório policial, uma equipe da PM (Polícia Militar) em patrulhamento pelo bairro se deparou com o entregador. Após abordagem, durante a revista pessoal, foram encontradas em sua posse uma sacola contendo cinco porções de crack, uma porção de cocaína e R$ 94.

Conforme o site Campo Grande News, o entregador admitiu aos policiais que estava efetuando a entrega da droga para um comprador que havia negociado com um detento. Ele afirmou também que vinha realizando essas entregas há vários dias, tendo recebido a quantia de R$ 50 naquela ocasião.

Adicionalmente, informou que uma mulher chamada Yasmin passou a ser a intermediária responsável pela distribuição das drogas aos entregadores. Ao ser questionado, o entregador conduziu os policiais até a Rua João Jacinto Garcia, onde fazia a retirada das drogas. No local, em frente a uma boate, encontraram a mencionada Yasmin, identificada como Sandra Godoy Alves.

Em depoimento à PM, Sandra admitiu alugar um quarto em frente à boate para armazenar as drogas recebidas, relatando ter recebido a última remessa em 9 de fevereiro, entregue por um mototaxista na rodoviária da cidade. Após a coleta, parte da droga era distribuída sob ordens de um detento, sendo a comunicação feita por telefone.

Dentro do quarto utilizado como depósito, foram encontradas uma caixa contendo uma porção de crack e nove porções de cocaína, escondidas dentro de um urso de pelúcia, além de R$ 107. As substâncias apreendidas seriam comercializadas por Sandra entre os frequentadores da boate. No local também foi encontrada uma balança de precisão, utilizada para pesagem e divisão das drogas.

Ambos, Sandra e o entregador, foram presos em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. O entregador ainda foi indiciado por abandono de incapaz.

Leia também

Últimas

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.