28.8 C
Três Lagoas
quinta-feira, 25 de abril de 2024

Bataguassu recebe 1º Encontro Regional de Artesanato da Costa Leste

Evento faz parte de projeto voltado ao desenvolvimento de artesãos do município para fortalecer a economia criativa da região

Nesta sexta-feira, dia 8 de março, a partir das 10 horas (horário de Brasília), acontece em Nova Porto XV, Distrito de Bataguassu, o 1º Encontro Regional de Artesanato da Costa Leste, no Centro Comunitário Jailton Santana de Lima, na Reta A1.

A ação é voltada para artesãos e comunidade também das cidades vizinhas de Ribas do Rio Pardo, Água Clara, Três Lagoas, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Aparecida do Taboado, Paranaíba, Cassilândia e Inocência, com o intuito de valorizar a cultura local e promover a preservação dos saberes entre os artesãos da região.

O 1º Encontro Regional de Artesanato da Costa Leste promete ser um marco no fortalecimento da identidade cultural e na promoção da economia criativa na região, buscando trazer oportunidades para os artesãos divulgarem seu trabalho.

A programação contará com atividades ao longo do dia. Pela manhã, tem um talk show sobre a regionalização do artesanato. À tarde, acontece o encontro do eixo de Turismo da Associação Integra Costa Leste e, à noite, a Praça do Peixe de Bataguassu receberá apresentações e um show especial em comemoração ao Dia da Mulher, além de feira de artesanato.

Esse evento marca ainda a evolução do trabalho realizado pelo projeto Desenvolvimento de Artesãos e Geração de Renda, uma parceria entre o Sebrae/MS e a Suzano, empresa brasileira do setor de celulose e papel. A iniciativa é voltada para os profissionais filiados à Associação dos Artesãos da Nova Porto XV – distrito que fica a 15 quilômetros de distância do município de Bataguassu.

Ao todo, 40 artesãos são atendidos por meio do projeto, que teve início em fevereiro deste ano, e pelo Sebrae, faz parte das ações do programa Cidade Empreendedora, executado em parceria com a Prefeitura Municipal, trabalhando a inclusão produtiva e estimulando o empreendedorismo na região por meio do setor artesanal para gerar renda e promover o desenvolvimento local. “O artesanato da região está dando um grande passo com estas parcerias, têm proporcionado grande base para nossos artesãos melhorarem os seus produtos, gerar renda e se desenvolverem”, enfatizou o subprefeito de Nova Porto XV, Euzébio Businaro Varaldo.

Segundo o gerente Executivo Industrial da Suzano em Três Lagoas, Eduardo Ferraz, a empresa mantém projetos e programas voltados para a promoção do desenvolvimento socioeconômico regional, por meio da geração de trabalho e renda nas comunidades onde mantém operações. “O Sebrae é um dos nossos principais parceiros nesta transformação social que acreditamos ser possível. Ao fortalecer o artesanato na região da Costa Leste, estamos contribuindo diretamente para a geração de trabalho e renda para dezenas de famílias, para o fortalecimento do turismo e ainda para contribuir para a valorização e fortalecimento da identidade cultural da região”, disse.

A parceria entre Sebrae e Suzano também apoiou o fortalecimento da Associação Costa Leste de Artesãos de MS (ACLAMS), com sede em Três Lagoas. Foram realizadas consultorias e a criação do catálogo “Arte feita à mão”, que reúne mais de 100 peças com diferentes técnicas artesanais feitas por 26 profissionais de Três Lagoas e Paranaíba, inspiradas na flora e na fauna da região. “Os resultados positivos dessas ações são inúmeros, desde a melhoria na qualidade de vida de muitas pessoas que encontraram no artesanato uma terapia; o fortalecimento da cultura regional, fomento do turismo regional, e principalmente, a geração de trabalho e renda”, complementa Ferraz.

Melhoria do artesanato em Bataguassu

O projeto Desenvolvimento de Artesãos e Geração de Renda vem apoiando os profissionais vinculados à Associação de Artesãos de Nova Porto XV, de Bataguassu, em diversas frentes. O analista-técnico do Sebrae/MS, Edvaldo Araújo, explica que, após a fase inicial de capacitação e formalização dos empreendedores, o foco agora é no desenvolvimento de produtos com maior valor agregado e competitividade. Por isso, nos dias 26 e 27 de fevereiro, o grupo participou de uma oficina de design.

“Esta oficina é o marco do início da etapa de desenvolvimento de coleção do Projeto de Desenvolvimento de Artesãos de Bataguassu. A expectativa é que os artesãos melhorem seus processos produtivos e consigam desenvolver novas coleções”, detalha Edvaldo Araújo.

Para uma das participantes da oficina, Rosely Sene, a oficina auxiliou os profissionais a terem um olhar mais inovador sobre seus produtos, que segundo ela, é uma busca constante para quem trabalha com economia criativa. “A oficina foi muito importante como atividade de criação. Os artesãos aprenderam a olhar com criatividade para terem um melhor desenvolvimento do seu produto. Como a gente sempre busca solução criativa, o curso de design veio para inovar as características dos produtos conforme a necessidade dos clientes”, observou.

O artesão José Aparecido dos Santos afirma que o projeto tem sido de grande auxílio para a evolução do trabalho que já era realizado por eles na Associação de Artesãos de Nova Porto XV. “A oficina foi muito boa, o projeto tem ajudado nós artesãos a se desenvolver, melhorar nosso artesanato”, relatou.

Para saber mais sobre as ações do programa Cidade Empreendedora, do Sebrae, entre em contato pela Central de Relacionamento, no número 0800 570 0800, ou acesse o site: cidadeempreendedora.ms.sebrae.com.br.

Com informações Sebrae-MS

Leia também

Últimas

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.