20.8 C
Três Lagoas
sexta-feira, 24 de maio de 2024

Celulose é assunto de reunião em Dubai e multinacionais do Oriente Médio têm interesse no setor

A celulose foi um dos principais assuntos debatidos em uma reunião do Governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, com representantes de duas multinacionais do Oriente Médio. O encontro aconteceu na quarta-feira (17), em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Ratinho Junior se reuniu com as multinacionais Indevco e Rockland Group. O objetivo é que o Paraná desenvolva negócios com ambas as empresas no futuro. O encontro foi agendado pela Invest Paraná, agência de promoção e atração de investimentos do Governo do Estado, na volta da missão à Índia, onde o Paraná fortaleceu parcerias nas áreas de tecnologia, inovação e sustentabilidade.

DISCUTIR PARCERIAS

Ambas as companhias têm interesse em discutir parcerias e fortalecer operações comerciais com o Paraná, em especial no segmento de papel e celulose, área que o Paraná é um dos destaques na produção brasileira. Só uma das subsidiárias de uma das companhias consome 4,5 toneladas de celulose ao mês na produção de lenços, guardanapos, fraldas e papel higiênico.

No primeiro trimestre desse ano, o Estado do Paraná exportou o equivalente a US$ 316,6 milhões em papel e celulose. O maior investimento da história no Paraná foi feito justamente neste setor pela empresa Klabin, que aportou R$ 12,9 bilhões entre 2019 e 2023 na construção da unidade Puma II, em Ortigueira, nos Campos Gerais. A Klabin também inaugurou ano passado um terminal exclusivo no Porto de Paranaguá para exportar papel e celulose – a capacidade da unidade é de movimentar 1 milhão de toneladas por ano.

INTERESSES

Entre as possibilidades a serem avaliadas está a mudança da operação de compras das duas empresas da Ásia para o Paraná. Há também interesse da Indevco (e Altatrade, subsidiária do grupo) e da Rockland Group em áreas específicas além de celulose e papel, como proteínas animais, commodities e demais produtos que o Paraná possa oferecer.

A Indevco é uma multinacional do Líbano que atua em 65 países em diversos setores, em especial no mercado de embalagens. A Altatrade produz máquinas de conversão, matérias-primas e embalagens, além de produtos de energia renovável. A corporação atua na América do Norte, América do Sul, Europa, Oriente Médio, África, sul da Ásia e no extremo Oriente.

Também sediada no Líbano, o Rockland Group tem 44 anos de atuação em diversos segmentos: do setor eletromecânico ao comercial, passando pelos mercados imobiliário, energia, petróleo e gás, telecomunicações, entre outros. O grupo opera em 17 países com mil colaboradores e vem expandindo sua atuação nas áreas em que atua.

“Toda nossa expertise em papel e celulose nos dá oportunidade de expandir nossos negócios por meio da Invest Paraná. Somos uma grande importadora de papel e celulose. Temos know how e podemos contribuir muito, com potencial de atingir um mercado muito promissor”, afirmou o vice-presidente da Atlatrade, Pierre Akl.

Foto: Jonathan Campos-AEN

Leia também

Últimas

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.