20.8 C
Três Lagoas
sexta-feira, 24 de maio de 2024

Avião pilotado por investigado em tráfico de drogas cai no chaco paraguaio e duas pessoas morrem

Aeronave pertence a um ex-jogador de futebol

Um avião caiu perto do da cidade de Loma Plata, departamento de Boquerón. O piloto e seu passageiro morreram no acidente, segundo informações da Polícia Nacional que investiga a queda da aeronave, que pegou fogo.


O piloto do Beechcraft, tipo Sierra B24R, ano 1974 foi identificado Luis Alberto Franco Báez. Já passageiro, de 43 anos Carlos Alberto Morínigo Mendoza, que chegou a ser levado para um centro de saúde, não resistiu e também morreu.


O avião teria decolado de Loma Plata com destino ao município de Salto del Guairá, departamento de Canindeyú, segundo investigadores em entrevista à uma emissora de rádio paraguaia.


O piloto, que também é conhecido como ‘Vaca Resa’, se autodenominava ‘o Senhor dos Céus’ e estava ligado ao tráfico de drogas. Ele foi investigado diversas vezes pela polícia e pelo Ministério Público e chegou a ser preso em 2016.


Segundo a promotora Laura Ávalos, designada para investigar o caso, a aeronave pertence ao jogador de futebol Tobías Vargas, que trabalhou como goleiro em clubes como Sportivo Luqueño, Deportivo Capiatá, entre outros.


O atleta foi o primeiro a chegar ao local do acidente e foi convocado pelo Ministério Público do caso para prestar depoimento.


Vargas, preliminarmente, afirmou que foi até aquela região do país para adquirir alguns terrenos a bordo do avião, mas como este apresentava problemas mecânicos, decidiu retornar por via terrestre.

Leia também

Últimas

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.