21.7 C
Três Lagoas
sexta-feira, 24 de maio de 2024

Sessão solene: professores e maestro são homenageados com títulos e diploma

Na noite desta quarta-feira (24), o vereador Antônio Luiz Empke Júnior realizou a entrega de títulos para aqueles que desenvolvem trabalhos relevantes, em diversas áreas, contribuindo com o desenvolvimento econômico e social do município.

Além do vereador propositor, compuseram a mesa de autoridades o presidente da Câmara, Dr. Cassiano  Maia; o delegado regional de Polícia Civil, Ailton Pereira de Freitas; a secretária municipal de Assistente Social, Daiane Caroline Queiroz Ramos Mateus; representando a Federação de Judô de MS, Márcio Ricardo Coutinho; representando as lojas maçônicas de Três Lagoas, José Marcelo Piteli; presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Três Lagoas, Eurídes Silveira de Freitas; coordenadora regional de Educação, Marizeth Bazé; a ex-vereadora e a ex-secretária municipal de Assistência Social, Vera Helena Arsioli Pinho e o chefe de gabinete do prefeito, representando o chefe do executivo municipal, Marcos Augusto.

Na oportunidade, o vereador Tonhão propôs a entrega do Título de Cidadã Benemérita para a diretora de escola, Sônia Maria Terezinha Barbosa, pelos relevantes serviços prestados na área da educação; a entrega de Título de Cidadão Três – Lagoense para: o mestre José Ovídio Duarte da Silva; a diretora de escola, Elizabete Camila Lopes Zanoni e a diretora de escola, Lourdes Alves Neres de Sousa; e ainda o Diploma Mérito Cultural “Flora Thomé”, para o maestro Luiz Carlos Relíquias da Silva.

“São pessoas muito especiais e que devo muito da minha formação, do que eu sou hoje. Com enorme alegria que fiz a proposição e esta foi aprovada, por unanimidade”, destacou Tonhão, ao dar início da sessão.

Conheça um pouco mais dos homenageados, num breve resumo da trajetória pessoal e profissional, de cada um:

Sonia Maria Teresinha Barbosa

Nasceu em Três Lagoas, em 03/10/1958.  Filha de Laudelino Barbosa e Maria de Lourdes Tolentino Barbosa. Mãe de dois filhos: Nathália Barbosa de Sousa e Mário Borges de Sousa Neto, avó da Maria Sofia Barbosa de Oliveira. Concluiu a educação básica e a universidade na rede pública. Cursou Letras e fez especialização em Língua Portuguesa e em Gestão Educacional na UFMS. Seu primeiro concurso público foi em 1984, na rede estadual, assumindo em janeiro de 1985. O segundo concurso foi para a rede municipal, em 1997, assumindo em fevereiro de 1998, pediu exoneração em 2000 para assumir outro concurso na rede estadual em abril de 2000. Sempre foi apaixonada pela educação pública, na qual sempre acreditou e procurou dar sempre o melhor de si! Também lecionou na Funlec por 10 anos, de 1998 a 2008. Foi professora por 17 anos e diretora por 21 anos e 6 meses na Escola Fernando Corrêa, da qual se aposentou em 13/07/2023. Também lecionou na Escola Estadual Edwards Corrêa de Souza. Ela agradece muito a Deus por tudo e por tanto que Ele sempre fez por ela, pois sabe que sem Ele não teria chegado até aqui.

Elizabete Camila Lopes Zanoni

Nasceu em 21 de setembro de 1965, na cidade de Ouro Verde (SP). Filha de Antonio Lopes e Ana Camila. Veio para Três Lagoas em 1.988. Cursou o magistério, estagiou e substituiu em creches. Graduou-se em História, pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (campus Três Lagoas). Iniciou sua carreira de professora na Escola Estadual professor João Magiano Pinto (Jomap), de 1993 a 1996. Em 1997, com a implantação da Fundação Lowtons de Educação e Cultura (Funlec, em nossa cidade) foi selecionada para ministrar aulas de: Ciência da Vida, Sociologia, Filosofia e História. Foram 11 anos de sala de aula. Em 2008 veio o convite para assumir a função de diretora da unidade Hermesindo Alonso Gonzalez – novos desafios – que precede aos dias de hoje. Participou ativamente do Rotary Club Três Lagoas “Cidade das Àguas” , por mais de duas décadas. Foi presidente no ano rotário de 2011/2012. Presidiu a Fraternidade Feminina Renascer da Loja Maçônica Renascença, por 03 mandatos. Na jornada da vida pessoal: casou-se e teve a filha mariely, ficou viúva. Do novo relacionamento ao lado do marido – Júlio Cesar tiveram dois filhos: Juarez e Julinho (in memorian) e tem o neto enzo – filho, da filha mariely.  Sempre cercada de bons amigos, tem fé em deus e é amante da vida! O seu lema: seja forte… A vida exige isso de você!

José Ovídio Duarte da Silva

Filho de Olympio Severino da Silva & Aura Duarte da Silva. Nasceu no dia 26/09/1966, na cidade de Araçatuba, interior de SP. Aos 03 meses de idade mudou-se para Cassilândia MS e veio para Três Lagoas em 1978, com 12 anos. É casado com a Professora Maria Teresa Alves Duarte. Pai de 2 filhos: Natascha Alves Duarte e Olympio Alves Duarte e Avô de 04 Netos: Ana Clara Matos, Enzo, Igor e Ayla. Graduado em:Educação Física;Pós-graduado em: Ensino da Educação Física;Pós-graduado em: Aspectos Metodológicos em Judô Teoria e Prática; MBAemAspectos Metodológicos em Judô Brasil/Japão. Trabalhou em órgãos públicos como: Câmara e Prefeitura de Três Lagoas, e também, em escolas estaduais e particulares. No CEAT – Centro Esportivo de Aperfeiçoamento Técnico Cultural de Três Lagoas MS – 38 anos – de 1986 à 2024. Tem graduação no Judô: 6º DAN – Faixa Vermelha e Branca – Mestre. Como Aluno e Atleta ficou por 06 anos e como Professor: já está há 38 anos.Para o Município de Três Lagoas conquistou inúmeras Medalhas: Estadual, Nacional e Internacional, sendo a mais importante o 3º Lugar no Aberto dos Estados Unidos da América, com a Atleta: Natascha Alves Duarte (filha). É o atual Presidente da Federação de Judô de Mato Grosso do Sul – no seu 6º ano de Gestão Administrativa. Tem sob sua reponsabilidade:  88 Clubes Filiados; 180 Professores; 89 Árbitros; 7.191 Judocas filiados.  Uma equipe com 96 Colaboradores. Nesses mais de 05 anos frente à Federação de Judô conquistaram mais de 1400 medalhas em competições nacionais e internacionais SENSEI = Professor ou Aquele Que Veio Antes. “Enquanto acreditar que o Judô nada mais é que o auxílio da família na formação do dos Filhos, estarei ensinado Judô”.

Lourdes Alves Neres de Souza

Filha de José Rodrigues Neres e Maria Alves Neres, nasceu em 02/05/1978, na cidade de Assis Chateaubriand, estado do Paraná. Aos 8 anos mudou-se para Bauru/SP onde viveu até 2001, ano em que se casou com Claudiney Ferreira de Souza e veio morar em Três Lagoas MS, onde tiveram dois filhos: Vitor Neres de Souza (20) e Arthur Neres de Souza (14). Aqui, formou sua família e atuou por mais de 16 anos na Pastoral Familiar, chegando a coordenar as ações diocesanas dessa Pastoral. Graduada em Pedagogia pela UFMS Campus de Três Lagoas, possui pós-graduações em: Psicopedagogia Clínica e Institucional, Arte Terapia e Educação e Mediação de Conflitos. Em Três Lagoas, na Pousada do Tucunaré, idealizou e implantou o Projeto Colônia de Férias Pousadinha. Concomitantemente exerceu a função de professora da educação infantil na rede municipal, onde é servidora efetiva há 22 anos, atuou no Centro de Educação Infantil Nilza Tebet, Nossa Senhora Aparecida e Escola Flausina Assunção Marinho. Com a aprovação em concurso público da Rede Estadual de Ensino do Mato Grosso do Sul em 2006 assume como professora do Ensino Fundamental 1 na Escola Estadual Afonso Pena e depois na Escola Edwards Correia e Souza. Em 2010 foi lotada na Escola Estadual Prof. João Magiano Pinto (JOMAP) como professora da Sala de Tecnologia Educacional, participando do processo eletivo de direção como diretora adjunta em 2011, permanece na gestão da escola, onde atualmente exerce a função de diretora. Lourdes Alves Neres esteve sempre atuante, liderando, motivando e participando de projetos e ações com professores, administrativos, funcionários, alunos e parceiros, entre eles: Rodas de conversas, Workshop de profissões, Educação no trânsito, Bullying, Prevenção e apoio a alunos (automutilação), reativação da Banda, incentivo ao esporte escolar e Programa de Aprendizagem Profissional. Atualmente atua no Lions Clube de Três Lagoas.

Luiz Carlos Reliquias da Silva

Natural de Três Lagoas/MS. É casado com Adriana Rosa da Silva e pai de três filhos: Nathan de Freitas Reliquias, Luiz Carlos Reliquias da Silva Júnior e Naiara de Freitas Reliquias. Maestro Reliquias, como é conhecido, é coordenador do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Banda Cristo Redentor de Três Lagoas/MS, assim como maestro das bandas marcial, musical e de percussão Cristo Redentor há 28 anos. Sob a sua regência levou as bandas Cristo Redentor a conquista de diversos Títulos, tais como: Campeã Nacional no Concurso Cidade Goiânia no ano de 2000; Octacampeã Estadual nos anos de 1991, 1992, 1996, 1998, 1999, 2002, 2003 e 2004; Campeã Nacional do Certame Sul-Mato-Grossense de Bandas no ano de 1999, nas etapas de Três Lagoas e Dourados/MS; Tetracampeã do Concurso Nacional de Bandas e Fanfarras na cidade de Campo Grande MS nos anos de 2003, 2004, 2005 e 2006; Tricampeã Nacional pela Confederação Nacional de Bandas e Fanfarras (CNBF) nos anos de 2003, 2004 e 2005; Títulos como banda de Percussão; Títulos recebidos como melhor regente. Além disso, produziu e participou como maestro na gravação do 1º CD da Banda Marcial Cristo Redentor, no ano de 2007, intitulado “Simplesmente Cristo Redentor”.

Homenageados

Cada homenageado também utilizou a Tribuna para fazer suas considerações:

Sônia: “Eu tinha uma equipe, um time, que trabalhou comigo e, levou os nossos sonhos adiante. Agradeço a todos que tive o prazer de trabalhar. A gente era um time e trabalhou junto. Eu sou muito grata por este momento. É um dia memorável. Obrigada ao Tonhão e a todos que aprovaram este título”, ressaltou

Bete: “Feliz e grata, por tudo que Três Lagoas me proporcionou, desde a minha chegada. A universidade, a Educação, a família e amigos. Eu vibro nesta gratidão. Muito obrigada a todos. E, a você Tonhão, que me faz muito feliz e honrada”.

Ovídio: “É com muita honra que recebo este título de Cidadão Três-Lagoense, na cidade que escolhi para morar, trabalhar e construí minha família e, ajudar. Assim, quero agradecer você (Tonhão), pela propositura e demais pares que aprovaram este título a mim e aos demais. Sinto-me muito honrado pelo título”.

Lourdes: “Sinto-me, imensamente, honrada e feliz por estar aqui, recebendo o título de Cidadã Três-Lagoense e ainda dividindo esta sessão com personalidades tão honradas. Aproveito para agradecer ao meu esposo (Claudiney) e a primeira pessoa que acreditou em mim, como profissional, que foi o senhor Antônio Falco. Obrigada a Três Lagoas. Hoje, sou cidadão Três-Lagoense, por direito.”

Relíquias: “Eu louvo pelo dia de hoje, por estarmos, aqui, presentes. Se eu chego aqui, nesta data de hoje, é graças a esses que estão aqui e, muitos outros, que já passaram pela Banda Cristo Redentor. Como é bom ter vocês nesta caminhada. Eu serei, eternamente, a Banda Cristo Redentor”.

Ao final, o vereador Tonhão citou a honra de conceder as honrarias para pessoas que são exemplo, com anos e anos de trabalho. Muitos, inclusive, tendo participado da vida escolar dele. “O verdadeiro poder da glória é a gente compartilhar a glória com quem a gente ama. Deus abençoa e dá uma responsabilidade na vida de cada um de vocês. Pessoas que dignificaram o cargo que ocupam e ocuparam. É um reconhecimento por tudo que vocês fazem, fizeram e, continuam fazendo”, fez questão de destacar o parlamentar.

O presidente da Câmara, Dr. Cassiano Maia, ao encerrar a sessão solene, destacou que os títulos e honrarias, outorgadas pelos representantes da Casa de Leis, são definidos em lei, àquelas pessoas por feitos excepcionais, em qualquer ramo de atividade, pessoas que são exemplos como pessoas e cidadãos. “Realmente vocês fizeram por merecer. Vocês fazem a gente cumprir a lei, o Regimento Interno, desta Casa de Leis. Destaco o voto de forma unânime, dos vereadores, e também, a chancela e outorga de organizações civis, como Rotary, Maçonaria e Lions”, finalizou Dr. Cassiano.

Leia também

Últimas

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.