23.4 C
Três Lagoas
quinta-feira, 13 de junho de 2024

Com festa centenária, Três Lagoas realizará celebrações de 13 dias em comemoração ao Santo Antônio

Conhecido como um dos Santos mais populares e queridos do mundo, a Paroquia Santo Antônio – Catedral de Três Lagoas, celebra, neste dia 13 de junho, o dia de Santo Antônio, falecido há 793 anos.

Com festa centenária, Três Lagoas realizará celebrações de 13 dias em comemoração ao Santo Antônio

As celebrações acontecem há mais de um século, e neste ano de 2024, não poderia ser diferente, vai ser realizada a trezena em honra a Santo Antônio, sendo do dia 01/06 a 13/06 na Catedral Sagrado Coração de Jesus, localizada na Rua Zuleide Pérez Tabox, 515, no centro de Três Lagoas. Para fechar as celebrações, os fiéis realizarão no dia 13 de junho, que é a data que se comemora o dia do Santo missa às 8h em frente à Igreja Tradicional de Santo Antonio e as 19h missa solene na Catedral.

QUEM FOI SANTO ANTÔNIO?

Com festa centenária, Três Lagoas realizará celebrações de 13 dias em comemoração ao Santo Antônio

O ano de 1195 viu nascer um dos mais populares santos da Igreja de Cristo, tendo sido Lisboa sua cidade natal. Martinho de Bulhões e Teresa Taveira eram de famílias ilustres, mas a maior glória deles foi uma profunda fé que souberam transmitir ao filho. Este, na pia batismal, recebeu o nome de Fernando, tornando-se a glória desta piedosa família. Após uma santa infância, aos 15 anos, se dirigiu ao Convento dos Cônegos de Santo Agostinho nas proximidades de Lisboa. Aí ficou dois anos e alguns meses. Eram muitas as visitas que recebia de seus parentes e resolveu então pedir a transferência para o mosteiro de Santa Cruz, de Coimbra. Com isso entrou em contato com frades franciscanos, hóspedes neste convento. Estes frades acabaram sendo martirizados em Marrocos e seus restos mortais vieram para Coimbra, onde então morava o Rei de Portugal. Fernando pôde então contemplar os corpos daqueles heróis de Cristo. Isto o tocou tanto que ele resolveu se fazer franciscano. Foi para o Convento de Olivais, onde adotou o nome de Antônio. Seu desejo era pregar o Evangelho em terra de missões. Após o curto noviciado, foi para Marrocos. Aí adoeceu e, resignado, teve que voltar para Portugal. Em 1221 se daria o Capítulo da Ordem Franciscana, isto é, a assembleia na qual compareceram cerca de três mil frades e foi lá que Antônio esteve pela primeira vez com Francisco, em Assis. Ainda mal conhecido dos franciscanos foi trabalhar num pequeno eremitério em Portugal. Nele permaneceu numa vida de oração por nove meses. Houve, então, na cidade de Forli ordenações sacerdotais e pediram a Antônio para fazer o sermão de improviso. Todos ficaram deslumbrados. Era o início de sua missão de pregador no sul da França e na Itália.

Até hoje seus sermões são lidos e estudados. Foi em Montpellier que se deu o fato que fez de Santo Antônio ser invocado como o protetor das causas perdidas. Um noviço que resolvera sair da Ordem Franciscana levou consigo o livro de salmos com comentários escritos por Antônio. Este passou a rezar para que o larápio lhe devolvesse a preciosa obra. Arrependido este voltou e devolveu o livro. Antônio deixou a França com a fama de taumaturgo, martelo dos hereges, terror dos demônios, trombeta do Evangelho. Veio trabalhar na Itália, pregando por toda a parte.

Em 1227 se deteve pela primeira vez em Pádua, cidade à qual ficaria indelevelmente ligado e onde, após mais quatro anos de incansáveis pregações em terras italianas, viria a ser enterrado, tendo morrido em 13 de junho. Tão grande era a fama de seus prodígios que onze meses depois de sua morte foi canonizado pelo papa Gregório IX.

Com festa centenária, Três Lagoas realizará celebrações de 13 dias em comemoração ao Santo Antônio

No Brasil, Santo Antônio é conhecido como o santo casamenteiro, pois muitos milagres e causos marcam a história de diversos casais. Em todo o país, inúmeras paróquias e comunidades celebram com alegria e grande devoção a vida deste grande Santo, que abre os festejos juninos.

PADROEIRO DE TRÊS LAGOAS

Em Três Lagoas, a primeira Igreja erigida na cidade leva Santo Antonio como padroeiro (inaugurada ainda em 1914), sinal da devoção que acompanhava os primeiros que aqui chegaram, sendo o santo, decretado padroeiro municipal.

CELEBRAÇÃO AO SANTO EM TRÊS LAGOAS

Em Três Lagoas também acontecerá celebrações em honra ao Padroeiro. Serão 13 dias de festividades, começando no dia 1º e prosseguindo até 13 de junho, a partir das 19 horas, com celebrações de missas na Catedral Sagrado Coração de Jesus.

Com festa centenária, Três Lagoas realizará celebrações de 13 dias em comemoração ao Santo Antônio

De acordo com a organização, as missas serão celebradas por padres convidados oriundos de paroquias e cidades de nossa Diocese e outras do regional.

A Quermesse acontecerá nos dias 7,8 a partir das 20 horas logo após a celebração da Santa Missa e no dia 9 de junho a partir das 16 horas, no salão paroquial, localizado na Rua Alfredo Justino nº 581 Centro, Centro Catequético nos fundos da Catedral.

Leia também

Últimas

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.