15.9 C
Três Lagoas
domingo, 21 de julho de 2024

Rosas ou sushi? Confira levantamento de preços do Procon/MS para o Dia dos Namorados

Na hora de impressionar no Dia dos Namorados, qual a melhor opção entre rosas ou rodízio de sushi? Levantamento de preços realizado pelo Procon/MS (Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor) identificou variações de 455,56% entre as flores e 126,53% no sushi.

Profissionais da instituição vinculada à Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos) realizaram cotações entre os dias 4 e 10 de junho, em Campo Grande. Na lista de preços divulgada são listadas nove floriculturas e seis restaurantes.

Flores e cesta café

O buquê com 12 rosas nacionais teve a menor variação, 35,71%. Isso porque o produto pode ser adquirido por R$ 140 nas Moreninhas e R$ 190 no Centro. Nos mesmos bairros o botão de rosa colombiana apresentou diferença de 455,56%, com preços entre R$ 9 e R$ 50.

A equipe de pesquisa, no entanto, alerta para que o consumidor esteja atento ao adquirir as rosas colombianas para que não seja induzido ao erro, uma vez que elas podem ser trocadas por rosas samourai ou de outras variedades semelhantes. Pétalas densas e textura suave são as principais características que as diferenciam das demais.

Também no segmento floricultura, as cestas café da manhã tem preços oscilando até 153,16%. O produto, com 20 itens, foi encontrado por R$ 79 no Coophasul e R$ 200 na Vila Carvalho.

Rodízio de Sushi

Comida originalmente japonesa, o rodízio de sushi pode ser uma opção para os amantes no Dia dos Namorados. O serviço na Capital apresentou preços entre R$ 75 na Vila Bandeirantes e R$ 169,90 no Jardim dos Estados, ou seja, diferença de 126,53% entre os locais pesquisados.

“Ofertamos ao consumidor opções que podem nortear seu processo de escolha na aquisição de um produto ou serviço, sendo importante ainda recomendar que se exija a nota fiscal como comprovante da relação de consumo”, ressalta o secretário-executivo do Procon/MS, Angelo Motti.

levantamento completo realizado em floriculturas e restaurantes pode ser consultado no site do Procon/MS.

Kleber Clajus, Comunicação Procon/MS

Leia também

Últimas

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.