15.9 C
Três Lagoas
domingo, 21 de julho de 2024

Corpo de taxista é encontrado após latrocínio em Ribas do Rio Pardo

O corpo do taxista Devanir da Silva Santos, 52 anos, conhecido como “Devanir do Táxi”, foi encontrado hoje em uma área de mata em Ribas do Rio Pardo. Devanir, que estava desaparecido desde terça-feira (11), foi vítima de latrocínio. Três homens foram presos e serão indiciados por latrocínio, ocultação de cadáver e porte de arma de fogo.

Segundo o site Campo Grande News, familiares e amigos estavam buscando Devanir desde seu desaparecimento, com o último contato registrado por volta das 18h do dia 11. Seu carro, um Toyota Corolla, também estava desaparecido.

A investigação foi conduzida pela Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo e Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros).

O Toyota Corolla foi localizado em Campo Grande, na Vila Santa Dorotheia, e três homens foram identificados como os responsáveis pelo veículo. Eles foram rastreados até um hotel na Avenida Afonso Pena, onde um homem de 35 anos foi preso em flagrante com um revólver calibre 38.

A investigação levou à captura dos outros dois comparsas, um de 28 anos encontrado em Ribas do Rio Pardo e outro detido novamente em Campo Grande, em uma pousada no Bairro Universitário. Com as prisões, os policiais localizaram o corpo de Devanir, que apresentava sinais de tiros.

A Polícia Civil solicitou a conversão das prisões em flagrante para preventiva, a ser avaliada na audiência de custódia. Nas redes sociais, parentes e amigos lamentaram a trágica morte de Devanir, expressando indignação e tristeza.

Leia também

Últimas

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.