15/06/2015 16h10 – Atualizado em 15/06/2015 16h10

Da Redação

Três acidentes nas rodovias do interior de Mato Grosso do Sul deixaram cinco pessoas mortas no fim de semana. O primeiro caso ocorreu em Anaurilândia, distante 189,86 km de Três Lagoas, envolvendo uma moto e carreta. Giovane da Costa Silva, 20, morreu no fim da noite de sexta-feira (12). Não há informações de quem causou o acidente, e o caso foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar, na direção de veículo.

Também na noite de sexta, o jornalista Bruno Oliveira Coelho, 29, morreu depois de perder o controle do carro e capotar várias vezes na MS-384, próximo ao município de Bela Vista, distante 606,44 km de Três Lagoas. Bruno não usava cinto de segurança no momento do acidente, sendo arremessado para fora do veículo, morrendo no mesmo instante.

O jornalista estava na região da fazenda Marabá, no distrito de Caracol, propriedade da família dele. Bruno é neto do ex-senador Italívio Coelho.

Outro trágico acidente matou três pessoas, entre eles uma adolescente de 14 anos na região de Casa Verde, na madrugada de ontem (14). Um ônibus que levava pessoas que iriam participar de uma quermesse, fez retorno na rodovia estadual e colidiu com um veículo Fiat Strada, que foi arrastado por alguns metros.

De acordo com testemunhas, o motorista do ônibus teria passado da entrada do local, motivo que o obrigou a fazer o retorno na pista.

Os ocupantes do Fiat Strada morreram no local devido a forte pancada no carro. O motorista Adesio Nogueira, 59 anos, e pai e filha, Paulo Sampaio, com idade aproximada de 35 anos, e a jovem Milene Santos Queiroz, 14 anos, são as vítimas.

(*) Campo Grande News

Três pessoas morreram no local do acidente, depois de ônibus colidir com veículo. (Foto: Divulgação)

Comentários