14/04/2014 16h17 – Atualizado em 14/04/2014 16h17

Policiais civis de Paranhos (MS) prenderam em flagrante na última sexta-feira (11), um homem de 42 anos, que tentou estuprar a própria sobrinha, de 14 anos, na cidade paraguaia de Ypejhú, divisa com o município

Da Redação

Policiais civis de Paranhos (MS) prenderam em flagrante na última sexta-feira (11), um homem de 42 anos, que tentou estuprar a própria sobrinha, de 14 anos, na cidade paraguaia de Ypejhú, divisa com o município.

De acordo a delegada responsável pelo caso, Dr.ª Sayara Quinteiro Martins, a garota que é brasileira foi até a casa do pai, no Paraguai, com o objetivo de lavar roupas e arrumar a casa e durante os serviços foi atacada pelo tio. O homem arrancou as roupas da sobrinha e tentou manter relações sexuais a força com ela.

Diante dos gritos da garota, com pedido de socorro, vizinhos estiveram no local e impediram a consumação do estupro. O Conselho Tutelar e a mãe da vítima foram acionados e encaminharam a menina até a Delegacia de Polícia Civil de Paranhos, onde foi registrado boletim de ocorrência.

PARAGUAI

“Com o apoio da Polícia Nacional Paraguaia, nós realizamos diligências em Ypejhú e conseguimos prender o acusado, em conformidade com o artigo art. 7º, §3º do Código Penal, que diz que a lei brasileira aplica-se também ao crime cometido por estrangeiro contra brasileiro fora do Brasil”, explica a delegada.

Após ser preso e autuado em flagrante por tentativa de estupro, o acusado foi encaminhado para uma das celas da Delegacia de Polícia Civil de Sete Quedas (MS), onde esta preso provisoriamente. “Por ser tio, ele pode ter a pena aumentada em até a metade, conforme previsto no parágrafo 2º, do artigo 226 do Código Penal”, finaliza a delegada.

(*)Com informação de Policia Civil

Comentários