03/09/2008 16h09 – Atualizado em 03/09/2008 16h09

Agentes da Penitenciária Federal de Campo Grande anunciaram hoje (03) que entraram de greve nesta quinta-feira (04), devido à aprovação da Medida Provisória 441, editada em 29 de agosto, que reestrutura a carreira do agente penitenciário. 

Indignados com relação à diminuição dos salários e o aumento da carga horária de 176 horas para 196 horas mensais, a categoria pára por tempo indeterminado, ficando suspensas visitas, visitas intímas, atendimentos e o banho de sol.

Segundo o site Campo Grande News, a Penitenciária Federal da Capital deverá manter 50% do efetivo, já que ocupa os mais perigosos bandidos do país.

A paralisação foi aprovada por unanimidade na segunda-feira (01), em assembléia do Sindicato dos Agentes Penitenciários em Mato Grosso do Sul (Sinapf).

Comentários