Fátima Nascimento comunicou a desistência em vídeo divulgado nas redes sociais pouco depois da administração ser alvo de investigação da Polícia Civil; investigação teria encontrado recibo que comprovaria superfaturamento em show

A prefeita de Castilho, Fátima Nascimento (DEM) divulgou vídeo em que afirma que desistiu de tentar concorrer à reeleição neste ano.

A decisão foi tomada poucos dias depois da prefeitura ser alvo da Operação Caixa de Pandora, deflagrada no último dia 18 pela Polícia Civil e que “fechou” o prédio da administração municipal. A ação faz parte de uma investigação que apura denúncia de desvio de recursos públicos na contratação de shows artísticos pela prefeitura.

Documentos demonstram que a empresa que contratou a dupla João Neto & Francisco para animar a Festa do Pescador do ano passado teria depositado R$ 41 mil na conta do advogado da prefeita.

A prefeitura de Castilho teria pago R$ 150 mil pelo show. No entanto, um dia antes a dupla teria se apresentado em Pereira Barreto por R$ 100 mil.

No vídeo divulgado nas redes sociais, Fátima se diz vítima de perseguição política e preconceito. “​Eu sofri. O que tive de sofrimento, o que foi perseguição. Só por que sou mulher? Só por que sempre pensei no povo e quis dar o melhor de mim”, questionou.

Comentários