10/11/2015 10h56 – Atualizado em 10/11/2015 10h56

O medicamento Letrozol está com lote suspenso em todo o território nacional.

Da Redação

O medicamento Letrozol está com lote suspenso em todo o território nacional. A determinação é da Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que proíbe a distribuição, comercialização e uso de um lote específico do medicamento.

A resolução foi publicada no Diário Oficial da União, depois de reclamações referentes a falhas na selagem do alumínio do blíster (a cartela com os comprimidos), no lote 397733, com validade em junho de 2017. O lote suspenso tem 30 comprimidos de 2,5 miligramas.

Letrozol é indicado para o tratamento de câncer de mama avançado em mulheres que já passaram pela menopausa, que já foram tratadas com medicamentos inibidores do hormônio estrogênio.

A Anvisa determinou que o laboratório fabricante do lote em questão, a Eurofarma, recolha todo o estoque do remédio, que já está nas farmácias.

Em nota, a Eurofarma informou que recolheu todo o lote, de forma voluntária, antes mesmo da recomendação da ANVISA e todos os pacientes foram informados sobre a suspensão. Segundo o laboratório, medidas para melhorias foram tomadas e novos lotes já foram produzidos e distribuídos em setembro.

(*) Agência Brasil

Letrozol é indicado para o tratamento de câncer de mama avançado em mulheres que já passaram pela menopausa (Foto:Reprodução)

Comentários