19/03/2016 09h42 – Atualizado em 19/03/2016 09h42

Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local

Da Redação

Márcio Antônio Soares, de 38 anos, foi assassinado com tiro na cabeça durante desentendimento com uma pessoa identificada inicialmente pela polícia como Adriano da Silva Rufino. O crime aconteceu no começo da noite desta sexta-feira (18), no Bar do Angolano, que fica na Rua Almirante Barroso, Bairro Oiti, em Três Lagoas.

Consta no boletim de ocorrência registrado sobre o caso que Márcio chegou a ser socorrido por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu ao ferimento e morreu no local.

De acordo com a irmã da vítima, Márcio e Adriano, dono do bar, estavam se desentendendo há alguns dias. Ambos têm várias passagens pela polícia, inclusive por porte ilegal de arma de fogo.

A suspeita da polícia é de que a vítima foi baleada no interior do estabelecimento e, em seguida, arrastada para a rua. Autor do crime fugiu as pressas, deixando documentos pessoais no local.

(*) Correio do Estado

Tanto a vítima quanto o suspeito têm várias passagens pela polícia, inclusive por porte ilegal de arma de fogo (Foto: Divulgação)

Comentários