Acusado não aceitaria o fim da relação e desde que saiu do regime prisional, segundo a vítima, passou a persegui-la

O acusado de atear fogo no apartamento da ex-mulher no Novo Oeste no último dia 6 no apareceu novamente e fez novas ameaças. A informação consta no boletim de ocorrência registrado nesta terça-feira (08), pela Polícia Militar.

De acordo com a ocorrência, ele teria ido até a casa da mãe da ex-mulher, no Bairro Santa Terezinha e estaria ameaçando de morte a ex-companheira e familiares que estavam no local.

A Polícia Militar foi acionada de imediato e, ao chegar ao local, os militares avistaram o momento em que o autor saiu correndo, tomando rumo ignorado. Diligências foram realizadas e o acusado acabou sendo detido duas quadras à frente do imóvel da ex-sogra.

Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) para as providências cabíveis.

FOGO NO AP

Na ocasião do incêndio criminoso, além de atear fogo no apartamento da ex, no condomínio Novo Oeste, o autor ainda teria entrado em uma outra residência onde estava guardado o automóvel da vítima, passando a quebrar os vidros do carro e provocando outras avarias.

No dia do ocorrido, a vítima ainda relatou aos militares que o autor passou a ameaça-la constantemente depois que saiu do regime prisional.

Comentários