Município vai monitorar todos os cidadãos que entrarem na cidade

A Barreira Sanitária de Guia Lopes da Laguna vai contar com reforço de efetivo depois que o município registrou 52 casos confirmados para a Covid-19. O município vai oferecer toda a estrutura para a ampliação do local e o Governo do Estado, por meio das secretarias de Estado de Justiça e Segurança Pública e da Saúde, dará suporte às ações de controle de entrada de pessoas na cidade. A ampliação na fiscalização começa nesta sexta-feira (15).

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a situação em Guia Lopes da Laguna é motivo de preocupação diante do avanço sequencial dos casos de coronavírus no município. “Sendo assim, as medidas de contenção são emergenciais e oportunas. As barreiras sanitárias exercem um papel fundamental, porém, para efetividade tanto desta como de todas as ações do Governo do Estado e do município é necessária a conscientização da população, que deve fazer sua parte e seguir com isolamento social e com os protocolos sanitários”.

Segundo o presidente da Comissão de Controle Sanitário de Mato Grosso do Sul (CCS/MS), coronel do Corpo de Bombeiros Militar Hugo Djan, a ação integrada entre a Sejusp e a SES, somado ao apoio da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, vêm responder de forma imediata a essa questão de pandemia. “Vamos atuar montando um posto de controle e monitoramento na entrada da cidade, que busca fazer a verificação da entrada de pessoas no município e o acompanhamento. Pedimos para que a população fique tranquila e o mais importe, fique em casa”.   

A ampliação da Barreira Sanitária de Guia Lopes da Laguna será no posto da Iagro, ao lado da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A Iagro, que integra as 17 barreiras sanitárias criadas pelo Governo do Estado, vai contar inicialmente com o apoio de efetivo da Polícia Civil, Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do município.

A prefeitura de Guia Lopes da Laguna será responsável pela ampliação do local, como a instalação de tendas, garantir suprimentos para aquisição de insumos e alimentação, além de Equipamento de Proteção Individual (EPIs) para as equipes. O Governo do Estado, por meio da SES, também repassou no início da semana, para ajudar de forma emergencial, os seguintes equipamentos: um ventilador portátil; 300 máscaras FFP2; cinco mil máscaras triplas; 500 aventais descartáveis tamanhos M e G; 3.300 unidades de luvas tamanhos P, M e G; mil toucas descartáveis; 100 protetores faciais; 60 óculos de proteção; três fardos de álcool líquido; 200 unidades de álcool em gel; e 100 macacões impermeáveis descartáveis.

Durante reunião realizada na quarta-feira (13) com equipes das secretarias, o prefeito Jair Scapini agradeceu o apoio oferecido pelo Governo do Estado. “Estou agradecendo pela presença. Temos uma pandemia aqui, dizer que estou muito preocupado e que a população está doente. Minha administração está à disposição e vamos fazer de tudo para salvar a nossa população”.

O Boletim sobre a taxa de isolamento informa que o município está entre as cidades que apresentam melhor índice isolamento positivo, o registro é de 51,5%.  As barreiras sanitárias foram implantadas no dia 30 de março no aeroporto da Capital e a partir de 1º de abril nas rodovias.

(*) Portal ms.gov.br


Comentários