21/07/2008 09h34 – Atualizado em 21/07/2008 09h34

As transições da juventude são capazes de revelarem nosso destino, apesar que a idade nem sempre difere quando o assunto é comportamento, é uma época de muitas curiosidades, ainda mais em clima de paixão, de conquista e sexo, época em que nascem grandes sonhos, mesmo que alguns são certos a não se tornarem reais.

A vida vai passando, movimentando-se em direção única, sempre para frente, e nesse caminhar podemos definir o amanhã, talvez bem diferente do ontem, pior ou melhor…

Quando o assunto é tomar decisão, é luta onde lutamos conosco, é difícil, inseguro as vezes, mas é possível vencer a batalha quando se apercebe que terá que vencer e que isto é preciso, e melhor para a sobrevivência, uma certa liberdade seria.

A liberdade é sentir-se livre de um peso de defeito, ou erro cometido, você quer ser livre, ser como os outros, amenizar o que passou e daqui em diante ser outra pessoa pronta a sorrir e definir claramente o tempo que durará a realização dos seus sonhos.

Não muda quem não quer mudar. Nunca disse que isso é fácil ou que é imediato, leva-se um tempo, um tempo em que vai alimentando o pensamento da sua personalidade com livramentos, com gerência da própria vida, e vai vendo como é bom viver, como é bom ter um amigo como aquele (Pessoa a qual admira), vai percebendo que construir momentos praticando a mudança faz de você dono de um poder de vida inexplicável.

Seja mais forte que a fraqueza que chega e domina, seja sensato, diga a você que hoje é outro dia, e se cair novamente em seus próprios erros? Mesmo assim continue mudando, visando vida nova, refazendo atitudes, revendo conceitos, lendo sobre diferentes assuntos da vida, é no palco da escrita onde se encontra muitos artistas preocupados com o bem-estar de outros.

Nunca deixe o desânimo acompanhar seus passos, quando ele aparecer faça uma oração em prol da sua liberdade, que você mudou, que está sendo contente com o que possui, amando mais, muito mais as pessoas que lhe rodeiam, isto é a razão da vida, cultivar o amor como se cultiva o ar para continuar a viver.

Obstáculos são reais.

Dificuldades mentais são reais.

A liberdade e a mudança de comportamento também são reais.

Faça sua vida ser marcada por uma mudança, radical? Talvez, depende da sua situação.

A preocupação faz a pessoa viver o passado e antecipar o futuro, mas nunca deixa a pessoa estar no presente momento, os arrependimentos não precisam durar muito tempo, eles terminam no instante em que você conversa com você a respeito de tudo, das ações que não deveria ter tomado, e no momento em que sua consciência aceitou uma decisão, então nasce um outro ponto de partida; uma renovação esperada e disposição para enfrentar as realidades da vida cotidiana.

A paz interna, a tranqüilidade nos ambientes visitados, a prosperidade, a luta pelo pão, são exclusivamente pertencentes a você, assim como o amor, mas depende de seu comportamento na hora de fazer tais coisas acontecerem.

Esqueça a atitude errada passada, domine seu ser, aprenda de outros, mas comece aprendendo de você.

Escrito por Paulo Zamora em 18 de julho de 2008

www.pensamentodeamor.zip.net

Comentários